Esportes Tenista número 1 do Brasil, Monteiro revela furto em hotel em Buenos Aires

Tenista número 1 do Brasil, Monteiro revela furto em hotel em Buenos Aires

Tenista número 1 do Brasil e 92º do mundo, Thiago Monteiro revelou ter sido furtado no hotel onde está hospedado em Buenos Aires para a disputa de um torneio de nível challenger, na Argentina. Sem revelar valores, o atleta disse que perdeu "dinheiro e alguns pertences".

O furto aconteceu na noite de terça, véspera de sua partida pelas oitavas de final da competição. Seu treinador, Pablo Fuente, também foi alvo do furto. "Quando voltamos para o hotel, o meu técnico percebeu que haviam furtado dinheiro e alguns de seus pertences, e depois percebi que tinha acontecido comigo também. Tive a privacidade invadida no hotel oficial e isso acabou me abalando um pouco ontem (terça), não consegui dormir tão bem", disse o tenista.

Monteiro afirmou que está em contato com a direção do hotel e do próprio torneio para investigar o caso. "O torneio já está com contato comigo para ter mais informações", declarou. "O bom é que não tivemos nenhum documento furtado e também nada aconteceu com a gente. Foram apenas coisas materiais, que a gente recupera depois. Agora é trabalhar com o hotel para ver se a gente consegue solucionar e focar no torneio."

Mesmo abalado pelo episódio, o brasileiro venceu sua partida no dia seguinte, superando o local Nicolas Kicker, 259º do ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Com a vitória, Monteiro, que é o cabeça de chave número 1 do torneio, avançou às quartas de final.

"Jogo bom hoje, me senti muito bem em quadra. Joguei firme e já estava adaptado. O próximo jogo vai ser na sexta-feira, então tenho alguns dias pra descansar e me preparar para o próximo jogo, que vai ser bem duro", comentou o atleta. Seu próximo adversário será outro tenista da casa, Tomas Martin Etcheverry, atual 138º do ranking.

Últimas