Esportes Tenista Naomi Osaka se torna acionista do time de Debinha nos Estados Unidos

Tenista Naomi Osaka se torna acionista do time de Debinha nos Estados Unidos

A tenista japonesa Naomi Osaka, de 23 anos, tornou-se acionista do North Carolina Courage, time que conta com a meia brasileira Debinha como uma de suas estrelas e disputa a NWSL, a liga de futebol feminino dos Estados Unidos. Osaka justificou a decisão como uma forma de incentivar outras atletas mulheres no esporte.

"As mulheres que investiram em mim quando eu crescia me tornaram quem eu sou hoje e não poderia pensar onde a minha vida estaria sem elas. Meu investimento no North Carolina Courage vai muito além de ser dona do clube, é um investimento em incríveis mulheres que são modelos de comportamento, líderes em seus campos e inspirações para todas as jovens atletas mulheres. Eu também admiro tudo que o Courage faz por diversidade e igualdade na comunidade, o que anseio para apoiar e levar adiante", afirmou ao site da franquia, campeã NWSL em 2018 e 2019.

"Estou muito empolgado em dar as boas-vindas a Naomi como dona do North Carolina Courage. Naomi incorpora os valores que temos nos esforçado para cultivar em nosso clube e traz um ponto de vista inestimável sobre tópicos além dos esportes. Eu não posso pensar em ninguém melhor para nos ajudar a continuar a fazer diferença na nossa comunidade e inspira a nossa próxima geração de mulheres", afirmou o principal investidor do clube, Steve Malik.

Naomi Osaka vive grande fase na carreira. A tenista japonesa foi a atleta mulher mais bem paga em 2020 e foi uma das escolhidas como Personalidade de Esporte do Ano pela prestigiada revista Sports Illustrated, muito por causa do seu ativismo fora de quadra.

Ela é atualmente a terceira colocada no ranking da WTA, atrás da australiana Ashleigh Barty e da romena Simona Halep. Tem seis títulos na carreira, sendo três deles em Grand Slams: o US Open, em 2018 e 2020, e o Aberto da Austrália, em 2019.

Últimas