Esportes Tenista campeã olímpica em Tóquio, Bencic revela teste positivo para covid-19

Tenista campeã olímpica em Tóquio, Bencic revela teste positivo para covid-19

Campeã olímpica nos Jogos de Tóquio, a tenista suíça Belinda Bencic revelou nesta terça-feira que testou positivo para a covid-19. Ela fez o exame após disputar o torneio de exibição Mubadala World Tennis Championship, do qual também participou o espanhol Rafael Nadal, que revelou ter contraído a doença, na segunda-feira.

"Gostaria de informar que infelizmente, mesmo estando totalmente vacinada, eu testei positivo para covid-19 recentemente. Estou em isolamento e tomando todas as medidas de precaução para superar essa situação da melhor maneira possível", anunciou Bencic, em suas redes sociais.

"Tenho alguns sintomas mais fortes (febre, dores e arrepios). Embora o momento não seja o ideal, estou na reta final de minha preparação para o Aberto da Austrália, espero poder viajar para a Austrália o mais breve possível, assim que encerrar o período de isolamento", afirmou.

Na exibição realizada em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, Bencic entrou em quadra apenas uma vez. E perdeu para a tunisiana Ons Jabeur, uma das sensações da temporada, que substituiu a britânica Emma Raducanu. A surpreendente campeã do US Open havia desistido da exibição justamente por ter contraído covid-19.

A preocupação de Nadal, Bencic e Raducanu é com a preparação para a temporada 2022. O novo coronavírus vai impedir que o trio finalize adequadamente a pré-temporada. E o trio já virou dúvida automática para o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, marcado para começar em 17 de janeiro, em Melbourne.

Na chave feminina, já há pelo menos três baixas de peso: a americana Serena Williams e as checas Karolina Pliskova, ex-número 1 do mundo, e Karolina Muchova, semifinalista na Austrália neste ano. Outra baixa certa é a americana Jennifer Brady, atual vice-campeã. No masculino, o suíço Roger Federer é desfalque garantido, por ainda se recuperar de uma cirurgia no joelho. E o sérvio Novak Djokovic ainda não revelou se tomou a vacina contra a covid-19, exigência das autoridades da Austrália para a entrada no país.

Últimas