Esportes Técnico do City, Guardiola critica modelo da Superliga Europeia e cutuca a Uefa

Técnico do City, Guardiola critica modelo da Superliga Europeia e cutuca a Uefa

Técnico do Manchester City, um dos clubes fundadores da Superliga Europeia, o espanhol Pep Guardiola criticou nesta terça-feira o modelo da competição anunciada no último domingo em que esses times não entrariam para disputar o torneio por mérito. De acordo com o treinador, o formato faz com que os valores do esporte não sejam contemplados.

"Esporte não é esporte quando a relação entre esforço e recompensa não existe. Não é um esporte se o sucesso está garantido ou se não importa quando você perde. Já disse muitas vezes que quero uma 'Premier League' (Campeonato Inglês) de sucesso, não apenas um time no topo", afirmou Guardiola, em entrevista coletiva antes da partida contra o Aston Villa, nesta quarta-feira, pela competição nacional.

O treinador espanhol não escondeu o desconforto com a situação, apesar de não apontar o dedo diretamente ao dirigentes do Manchester City. Mas pediu um posicionamento melhor deles.

"A declaração (do anúncio da criação da Superliga) está lá, mas ninguém dá mais detalhes claramente. Eu adoraria que o presidente (da Superliga) explicasse como tomou essa decisão. Eu apoio meu clube. Amo fazer parte deste clube. Mas também tenho minha opinião. E como eu disse, não tenho todas as informações. Mas se você me perguntar por que essas equipes foram selecionadas para jogar esta competição hipotética no futuro...", comentou.

Guardiola também cutucou a Uefa e afirmou que a entidade só pensa em benefício próprio. "Todos pensam por si. A Uefa pensa por si própria. No momento mais importante da temporada, quando lutamos por títulos, (atacante polonês) Lewandowski (do Bayern de Munique) não jogou contra o PSG por ter se machucado em um compromisso internacional. A Uefa não fez nada contra isso, pois é o seu próprio negócio. Todos pensam por si", afirmou.

O técnico ressaltou ainda que a sua equipe está focada na disputa do Campeonato Inglês, no qual é o líder, na decisão da Copa da Liga Inglesa contra o Tottenham, neste domingo, e também nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa - enfrenta o Paris Saint-Germain na semana que vem pela rodada de ida. "Vamos jogar a Chamopions na próxima semana e tentar chegar à final. Estamos na Europa porque merecemos", frisou.

Últimas