Gustavo Dantas lança podcast no Brasil e fala sobre organização sem fins lucrativos: ‘Quero impactar a vida dos jovens’

Gustavo Dantas, 45 anos, é referência no Jiu-Jitsu. Agora, depois de duas décadas de carreira lecionando a... The post Gustavo Dantas lança podcast no Brasil e fala sobre organização sem fins lucrativos: ‘Quero impactar a vida dos jovens’ appeared first on TATAME.

Gustavo Dantas, 45 anos, é referência no Jiu-Jitsu. Agora, depois de duas décadas de carreira lecionando a modalidade em Tempe, no Arizona (EUA), ele começa a lançar conteúdos em português para a comunidade no Brasil. A intenção do faixa-preta, além do formato de entrevistas em podcast, é ter como missão inspirar, melhorar e impactar a vida do praticante.

O podcast Mente Blindada 24/7, disponível nas principais plataformas de streaming, é voltado para quem está nos primeiros passos no esporte até um faixa-preta da elite de competição. Nas palavras abaixo, Gustavo explica porque decidiu voltar com seus conteúdos em português novamente, depois do sucesso que teve em 2016, onde compartilhava experiências e erros psicológicos cometidos antes e durante uma competição de Jiu-Jitsu.

“Em 2016, eu passei dois anos fazendo conteúdo em português e como eu estava fazendo muita coisa ao mesmo tempo, eu tive que dar uma parada. Depois, em 2018, eu lancei o The BJJ Mental Coach Podcast em inglês, que era dedicado a empreendedores que treinam Jiu-Jitsu e hoje já estamos com mais de 90 episódios. Como eu já tinha um podcast sobre empreendedorismo, tive a intenção de criar um podcast em português com foco na parte psicológica de competições. Mas, de qualquer forma, todo conteúdo que eu esteja compartilhando com você que está lendo essa entrevista, pode ter certeza que a missão é sempre a mesma: inspirar, melhorar e impactar a sua vida de alguma forma”, explica Gustavo, antes de comentar como esse tipo de mensagem agrega no esporte, especialmente no Brasil, que soma pouca informação sobre a área de psicologia no esporte.

“Qualquer conteúdo que traga positividade e desenvolvimento pessoal, independentemente da comunidade, é muito bem-vindo. Isso não é diferente com o Jiu-Jitsu. O podcast Mente Blindada 24/7 é a respeito de se tornar a melhor versão de si mesmo, na vida pessoal e/ou profissional. O Jiu-Jitsu é o ponto de conexão da galera”, detalha Gustavo, faixa-preta 5° grau, empresário e mental coach nos Estados Unidos.

Por conta de uma certa ansiedade durante as competições que disputava, em meados de 2010, Gustavo decidiu se aprofundar nos estudos sobre treinamento mental e desenvolvimento pessoal, logo tornando-se coach de alto rendimento. Meses depois dos estudos e aperfeiçoamento, ele decidiu criar o The BJJ Mental Coach, programa de Jiu-Jitsu projetado para ajudar atletas a lidar com o estresse da competição. A seguir, ele explica qual maior erro psicológico que um atleta pode cometer no Jiu-Jitsu.

“Já criei uma lista dos top 10 erros psicológicos que os atletas cometem e como evitá-los. E essa lista foi baseada nos principais erros psicológicos que eu cometi, e um erro bem comum é ‘focar no resultado’. Toda vez que você foca em algo que não tem controle, você acaba sentindo ansiedade, tensão muscular e, por conta disso, diminui seu potencial no dia da luta, o que gera frustração. E o que fazer para acabar com isso? Pratique a autoconsciência. Quando pensar se vai ganhar ou perder, lembre-se que você não tem como controlar o resultado, mas você pode influenciar o resultado. Faça o dever de casa: treine bastante e foque somente na sua performance. Esqueça o resultado”, diz Gustavo.

Tatame

Tatame

Tatame

Gustavo e seu filho, que foi campeão mundial na faixa-branca (Foto: arquivo pessoal)

Gustavo Dantas também é co-fundador da organização sem fins lucrativos Jiu-Jitsu Tribe, que apoia projetos sociais no Brasil e nos Estados Unidos. Projetos que oferecem aulas gratuitas de Jiu-Jitsu para crianças e jovens sem privilégios em comunidades carentes, na esperança de inspirá-los a perseguir seus objetivos e sonhos fora da vida do crime. As doações ajudam os projetos a comprar novos colchões, kimonos e  nas inscrições de torneios.

“Atualmente, nossa missão é de ajudar a reformar projetos e melhorar as condições do espaço de treino. Nós trabalhamos com um projeto de cada vez e, quando terminarmos, é aí que iniciamos outra parceria. Ainda temos muito a crescer. Eu sou nascido e criado em Vila Isabel, no Rio de Janeiro, e mesmo antes de me mudar para os Estados Unidos já passava pela minha cabeça uma ideia de criar um projeto social. Então, em 2010, eu tive a ideia de pelo menos poder ajudar os projetos. Eu acredito que todo mundo, Inclusive você que está lendo essa reportagem, tem um propósito na vida. O meu é de inspirar, melhor e impactar a vida das pessoas. O Jiu-Jitsu é a principal ferramenta que eu uso pra isso”, encerra Gustavo.

Gustavo Dantas é professor de Jiu-Jitsu, empresário, palestrante, e presidente da AZBJJL, Liga de Jiu-Jitsu do Arizona, nos Estados Unidos.

The post Gustavo Dantas lança podcast no Brasil e fala sobre organização sem fins lucrativos: ‘Quero impactar a vida dos jovens’ appeared first on TATAME.