Esportes Talles Magno enaltece Luxemburgo e Yago Pikachu comemora fim do jejum de um ano

Talles Magno enaltece Luxemburgo e Yago Pikachu comemora fim do jejum de um ano

Autor do gol que abriu caminho para a vitória do Vasco no clássico sobre o Botafogo, por 3 a 0, neste domingo, em São Januário, o atacante Talles Magno atribuiu o retorno do bom futebol ao técnico Vanderlei Luxemburgo.

"Não tenho nem o que falar do Vanderlei. Sempre me ajudou, nos momentos bons e ruins. E agora, no momento ruim, ele tem me ajudado a voltar a jogar o futebol que sempre joguei. Sei que cada esporro dele é para o meu melhor", disse.

O treinador foi o responsável por dar a primeira oportunidade para Talles Magno como profissional, justamente contra o Botafogo, no Brasileirão do ano passado. Uma coincidência a mais para motivar o jogador dentro de campo.

Neste domingo, o jovem de apenas 18 anos foi um dos destaques vascaínos e encerrou um jejum de três meses sem balançar as redes. A última vez que Talles Magno havia marcado foi em 10 de outubro do ano passado, na derrota para o Flamengo, por 2 a 1.

A noite foi especial também para Yago Pikachu. Outro jogador que "renasceu" desde a chegada de Luxemburgo, o curinga vascaíno marcou seu centésimo gol na carreira em cobrança de pênalti já nos acréscimos e encerrou um jejum que durava mais de um ano. O seu último gol tinha sido marcado em dezembro de 2019, na última rodada do Brasileiro, no empate por 1 a 1 diante da Chapecoense.

Não é a toa que na comemoração Pikachu extravasou os companheiros, tanto que tirou a camisa e recebeu o cartão amarelo. Mas isso não foi o bastante para tirar a felicidade do polivalente jogador. "Primeiro tenho que enaltecer a equipe pela vitória. Lutamos, soubemos sofrer. O gol é para extravasar, mais de um ano sem marcar. Me cobro bastante, passei por um momento delicado. Pedi para o Cano (cobrador oficial) e ele me deu a bola com o maior carinho", comemorou Pikachu.

Últimas