Esportes Surto de covid-19 adia também Burnley x Everton, pelo Campeonato Inglês

Surto de covid-19 adia também Burnley x Everton, pelo Campeonato Inglês

O surto de covid-19 no futebol inglês causou mais um adiamento nesta sexta-feira. O confronto entre Burnley e Everton, pela rodada do Boxing Day, foi postergado em razão de seguidos casos da doença no clube de Liverpool. Trata-se do terceiro jogo adiado da tradicional rodada de Natal do Campeonato Inglês.

O adiamento foi um pedido da direção do Everton, do atacante brasileiro Richarlison, ao argumentar que não teria jogadores suficientes para compor o banco de reservas devido a lesões e a casos confirmados de covid-19. O pedido foi acatado pelo conselho que administra a Premier League, responsável pela organização do Inglês.

"O Conselho avaliou o pedido do clube de postergar a partida devido a novos problemas físicos em seu elenco. Eles concluíram que o clube não terá condições de entrar em campo neste fim de semana por conta do número insuficiente de jogadores disponíveis para o jogo, por conta de lesões e de casos de covid-19", explicou a Premier League, em comunicado.

O Everton não revelou quais foram os novos testes positivos para a doença ou os jogadores que se lesionaram nos últimos dias. Com o adiamento desta partida, a rodada do Boxing Day já perdeu três partidas, todas agendadas inicialmente para domingo. Por enquanto, seis jogos seguem confirmados para o dia.

No total, o Campeonato Inglês já adiou 13 partidas nas últimas duas semanas por conta de surtos de covid-19 em seus clubes. Todos estes jogos foram afetados por conta de casos positivos, que acabaram causando também o isolamento de jogadores que tiveram contatos com infectados, por precaução.

As primeiras partidas do Boxing Day foram adiadas na quinta-feira: Liverpool x Leeds e Wolverhampton x Watford. As mudanças frequentes de jogos nos últimos dias levantaram até a discussão sobre uma possível suspensão do Inglês até o fim do ano.

Mas a Premier League rejeitou a ideia. "Enquanto reconhecemos que um número de clubes estão enfrentando surtos de covid-19, são os clubes e o coletivo da liga que decidiram pela intenção de continuar com os jogos, do jeito mais seguro possível", escreveu a entidade, em comunicado.

Últimas