Superliga Chinesa planeja ter torcida em estádio em jogo do fim de semana

A organização de Superliga Chinesa começar a planejar o retorno dos torcedores nas arquibancadas da competição. A meta é que a partida envolvendo Beijing Guoan e SIPG de Xangai, em Pequim, no sábado, já conte com fãs no estádio. Se confirmado, será o primeiro jogo de futebol com torcedores no país desde o início da pandemia do novo coronavírus.

A presença de torcedores nos estádios foi tema de reunião entre os dirigentes chineses na quarta-feira. Se confirmada, a torcida será pequena. No máximo 2 mil torcedores poderiam ter acesso ao jogo. Inicialmente, as discussões não passavam de 500 pessoas permitidas por partidas.

A definição virá das autoridades públicas do país. E também deve definir quem seriam os poucos escolhidos a adentrar o estádio. Como homenagem pelo trabalho realizado desde o início da pandemia, a organização pretende liberar inicialmente os profissionais de saúde que tenham interesse em assistir à partida.

Também há discussão sobre permitir o acesso de trabalhadores que ajudaram no combate às enchentes enfrentadas em diferentes regiões do país nos últimos meses.

Para tanto, todos os torcedores teriam que passar por um protocolo específico de segurança, de forma a minimizar os riscos de eventual contaminação. Pela programação das autoridades, haveria medição de temperatura logo na entrada do estádio e exigência de teste negativo para covid-19, além do uso de máscaras e distanciamento social.