Esportes STJD não acata pedido da procuradoria e absolve o palmeirense Felipe Melo

STJD não acata pedido da procuradoria e absolve o palmeirense Felipe Melo

O Palmeiras obteve vitória em julgamento da 1.ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta segunda-feira. O volante Felipe Melo foi absolvido em julgamento de suposta agressão após o clube convencer o tribunal a não acatar pedido da procuradoria.

O volante era acusado de dar uma chave de braço no vascaíno Léo Mattos, em jogo em São Januário. E corria o risco de pegar entre quatro e 12 jogos de suspensão. Neste mesmo compromisso, o palmeirense sofreu lesão grave no tornozelo e ainda está em tratamento.

Na denúncia da Procuradoria, Felipe Melo foi enquadrado por praticar agressão física. Por maioria dos votos, os auditores não conheceram a denúncia, entendendo que não preencheu a exceção prevista no artigo 58-B do CBJD. A decisão cabe recurso.

"O artigo 58-B destaca que a atitude tem que ser grave. Os atletas estavam se puxando em uma falta a favor do Palmeiras. Quem tentava agarrar era o Léo Matos e os dois estavam se puxando. O atleta do Vasco continuou normalmente, não teve atendimento médico e depois o Felipe Melo sofre uma entorse e precisa ficar quatro meses afastado e o Léo Matos segue no jogo normalmente. A Procuradoria se reporta a um golpe de MMA, o árbitro e o VAR não entenderam assim. O árbitro era Anderson Daronco que é Fifa, junto com mais três auxiliares Fifa e mais uns cinco integrantes do VAR", disse Alexandre Miranda, o advogado do Palmeiras.

"O atleta é tecnicamente primário e está há um ano sem vir ao tribunal. Fato é que a denúncia não merece prosperar. A defesa pede que não seja admitida a denúncia nos termos do artigo 58-B. Se acolhida, a defesa pede a absolvição do Felipe Melo. A gente vê o agarra-agarra, mas não vemos a conclusão. A imagem é inclusiva", acrescentou.

O relator do processo e outros três auditores votaram para o STJD não acolher a denúncia. Apenas o auditor Ramon Rocha pediu suspensão de Felipe Melo. Virou por um jogo de punição. O Palmeiras venceu, mas pode nem ter o jogador mais em campo nesta edição do Brasileirão, apesar da tentativa do volante de acelerar a recuperação após a greve lesão.

Últimas