Esportes Steve Kerr assume o comando do Dream Team dos EUA até os Jogos Olímpicos de Paris

Steve Kerr assume o comando do Dream Team dos EUA até os Jogos Olímpicos de Paris

A poderosa seleção norte-americana de basquete tem nova direção para o próximo ciclo olímpico. Nesta segunda-feira, a USA Basketball anunciou que Steve Kerr, atual treinador do Golden State Warriors, substitui Gregg Popovich no comando do Dream Teram no próximo triênio 2022/23/24.

Principal assistente de Popovich na conquista do ouro olímpico em Tóquio, Kerr vai tentar manter o estilo vencedor do veterano do San Antonio Spurs, que deixa o comando da seleção após cinco anos. Ao seu lado estarão os assistentes Erik Spoelstra, bicampeão da NBA pelo Miami Heat, Monty Williams, do Phoenix Suns, e Mark Few, líder da equipe da universidade de Gonzaga.

"Treinar a seleção masculina dos Estados Unidos é uma grande responsabilidade, que exige um esforço de grupo com uma equipe de treinadores comprometidos. Eu não poderia pedir um grupo melhor, com alto caráter, indivíduos para me ajudar a liderar a nossa seleção nacional", disse Kerr.

O novo treinador tem um currículo vencedor. Foram três anéis dirigindo os Warriors e outros três dentro de quadra. Kerr ganhou cinco títulos da NBA, três pelo Chicago Bulls e outros dois pelo San Antonio Spurs. "O nosso objetivo, claro, é vencer e deixar o nosso país orgulhoso. Vamos trabalhar muito para isso", prometeu.

O novo treinador dos Estados Unidos tem duas grandes competições pela frente: o Mundial de 2023 e os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

"A sua perspicácia no basquete, a capacidade de se conectar com as pessoas, acho que sua compreensão e respeito pelo esporte internacional, junto com alguns outros fatores, certamente desempenharam um papel neste processo", justificou a escolha de Kerr, Grant Hill, o novo responsável pela USA Basketball.

Últimas