Sharapova divulga telefone pessoal para falar com fãs durante a quarentena

Aposentada em fevereiro deste ano, Maria Sharapova usou de um método curioso para ajudar as pessoas ao redor do mundo durante a quarentena do novo coronavírus. A russa campeã de 36 títulos da WTA divulgou seu telefone pessoal nas redes sociais para que os fãs falem com ela durante a reclusão social promovida em razão da covid-19.

Atualmente morando nos Estados Unidos, Sharapova forneceu seu contato e prometeu ainda responder a todos que entrarem em contato com ela durante o período de isolamento, incentivando seus fãs a fazê-lo.

"Eu tentei encontrar uma maneira de entrar em contato com todos meus seguidores porque na semana passada eu me diverti muito conduzindo uma videoconferência com 150 de vocês", disse no vídeo publicado em suas contas.

"Eu saí deste bate-papo querendo fazer de novo", disse Sharapova na publicação. "Eu quero ficar mais conectada. E uma grande parte disso é porque nós todos estamos vivendo esta separação juntos, este distanciamento físico."

Após a introdução, a russa, de 32 anos, então explicou seu 'projeto'. "Então, eu quero que você me responda o que acha e essa é a minha ideia: eu quero que você me escreva com o que você pensa, porque eu tenho um número que eu vou deixar na tela onde você pode me mandar uma mensagem", disse. "Esta mensagem vai diretamente para o meu telefone. Então me escreva e espere pela resposta. Por favor, faça isso!", pediu Sharapova, despedindo-se.

Maria Sharapova coleciona cinco títulos de Grand Slam e foi número 1 do mundo em 2005, 2007, 2008 e 2012. Ela se tornou profissional da modalidade em 2001 com apenas 14 anos, tendo conquistado o Torneio de Wimbledon em 2004, o US Open em 2006, o Aberto da Austrália em 2008 e Roland Garros em 2012 e 2014.

A russa é uma das seis mulheres da era do tênis profissional a ganhar pelo menos um título das principais disputas, somando dez finais ao todo, com campanha de cinco vitórias e cinco derrotas. Sharapova teve sua aposentadoria anunciada de forma precoce por conta de inúmeras lesões e batalhas contra o próprio corpo.