Esportes Sevilla assume segundo lugar do Espanhol com empate e joga pressão no Barcelona

Sevilla assume segundo lugar do Espanhol com empate e joga pressão no Barcelona

O Barcelona acordou tarde no Campeonato Espanhol e jamais teve chance de brigar pelo título com o Real Madrid, que deve erguer a taça neste sábado - basta um empate. Mas para os catalães, o segundo lugar virou questão de honra e a equipe de Xavi está pressionada após ser ultrapassada pelo Sevilla, que abriu a rodada com empate por 1 a 1 diante do Cádiz.

O resultado do oponente, porém, até pode ser comemorado pelo Barcelona. Amplo favorito no estádio Ramón Sanchez Pizjuán, em Sevilla, palco da final da Liga Europa, dia 18 de maio, os donos da casa saíram na frente e não conseguiram segurar o triunfo.

A meta era colocar três pontos de vantagem sobre os catalães restando quatro rodadas. Empurrado por mais de 27 mil vozes, o Sevilla não demorou para sair na frente do marcador. Rakitic, ex-Barcelona, serviu, e o artilheiro El-Nesyri fez 1 a 0 com somente sete minutos.

Mandar no placar logo cedo era tudo o que o Sevilla imaginava diante de um rival desesperado na luta contra o rebaixamento - o Cadiz iniciou a rodada no 17° lugar, um ponto a mais que o Granada, hoje o primeiro a abrir a zona de rebaixamento.

Mas o que era para ser um dia de festa se transformou em frustração quando Pérez empatou, no segundo tempo. Atrás de pontos, o Cadiz se fechou para garantir o empate e o Sevilla acabou amargando um empate com gosto de derrota.

Mesmo subindo para os 64 pontos, sabe que dificilmente o Barcelona, com 63, voltará a perder em casa após ser batido nos últimos três jogos. Xavi trata o duelo com o Mallorca, domingo, como decisivo e vê o Barcelona na Supercopa da Espanha em decisão com o Real Madrid no mundo árabe. Os dois primeiros decidirão a taça e um prêmio valioso em dinheiro.

Últimas