Sem vencer há 11 jogos no Italiano, Cagliari demite treinador

Em uma dura sequência no Campeonato Italiano, há 11 jogo sem vencer, o Cagliari decidiu demitir nesta terça-feira o técnico Rolando Maran. A péssima fase derrubou o time do quarto para o 11º lugar da tabela da competição. O treinador da equipe ainda não foi definido.

Com Maran, o último tropeço do Cagliari aconteceu no domingo, na derrota por 4 a 3 para a Roma, diante da torcida. A série negativa contrasta com o surpreendente começo de temporada da equipe, quando chegou a estar invicta por 13 jogos. Neste período, esteve na briga pelas primeiras posições da tabela, com chances até de se classificar para a Liga dos Campeões.

Aquela boa fase rendera diversos elogios a Maran, que foi inclusive exaltado pelo presidente Tommaso Giulini na semana passada, antes do revés diante da Roma. Nesta terça, o dirigente fez agradecimentos ao treinador.

"Eu tive a sorte de conhecer um grande homem, que traz consigo uma grande cultura de trabalho. Antes de conhecê-lo, eu já tinha uma opinião muito positivo a seu respeito. Depois que o vi trabalhando, essa opinião positiva cresceu ainda mais", declarou Giulini.

Maran, de 56 anos, comandava o Cagliari há uma temporada e meia. Antes, atuou pelo Varese, Catania e Chievo. Sua demissão marca a 13ª mudança de técnico na atual temporada do Campeonato Italiano.