Sem Renan Lodi, diagnosticado com covid-19, Atlético de Madrid volta aos treinos

Sem o lateral-esquerdo brasileiro Renan Lodi, diagnosticado com coronavírus, o elenco do Atlético de Madrid voltou a treinar neste sábado, em seu centro de treinamento, três dias depois de os jogadores serem submetidos a testes. Os atletas realizaram as atividades respeitando as regras de distanciamento social.

Lodi não apresenta sintomas da doença e está isolado em sua casa, em Madri. O lateral-esquerdo, ex-Athletico Paranaense, passará por um novo exame ao fim do período de confinamento e, se o resultado for negativo, poderá treinar com os companheiros.

Neste sábado, o clube publicou em seu perfil nas redes sociais uma foto do jogador. "Renan Lodi manda a vocês (torcedores) um abraço de sua casa. Muito em breve nos veremos no campo", escreveu o Atlético na legenda.

A primeira fase de treinos do Atlético de Madrid teve exercícios físicos e com bola e contou com pequenos grupos de atletas, separados individualmente. O clube colocou fitas nos campos de treinamentos para delimitar os espaços que os jogadores poderão ocupar, respeitando as regras de distanciamento social.

Por enquanto, os trabalhos são individuais, cumprindo a segunda fase do protocolo detalhado pela LaLiga para o retorno às atividades do futebol no país projetado para evitar que os atletas sejam infectados pelo coronavírus. O Atlético optou por trabalhar com seis jogadores em cada um dos cinco campos. O técnico argentino Diego Simeone supervisionou seus comandados usando luvas e máscara.

A retomada dos trabalhos acontece quase dois meses depois da última partida oficial disputada pelo Atlético de Madrid, a vitória de virada por 3 a 2 sobre o Liverpool na Inglaterra, que garantiu ao time espanhol a vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Suspenso há mais de dois meses em razão da pandemia do novo coronavírus, o Campeonato Espanhol já tem data para retornar. Segundo anunciou LaLiga, organizadora do torneio, os jogos serão retomados a partir do dia 20 de junho. A expectativa é que acabe no fim de julho. Com 45 pontos, o Atlético ocupa o quinto lugar na tabela de classificação, fora, portanto, do grupo que garante vaga na próxima edição da Liga dos Campeões. O Barcelona é o líder, com 58 pontos.

A Espanha é um dos países mais afetados pela covid-19, com mais de 222 mil casos confirmados e mais de 26.299 mortes.