Esportes Sem clube, Edílson nega ter se oferecido ao Avaí antes de sair do Cruzeiro

Sem clube, Edílson nega ter se oferecido ao Avaí antes de sair do Cruzeiro

Após ter o contrato rescindido com o Cruzeiro, especulou-se uma possível ida do lateral Edílson para o Avaí. O jogador revelou o carinho pelo clube catarinense, mas aproveitou para mandar um recado aos torcedores do time, negando ter se oferecido para atuar na equipe na época em que defendia os mineiros.

O assunto veio à tona após o presidente do Avaí, Francisco Battistotti, revelar recentemente em uma entrevista que o atleta teria se oferecido para atuar no clube. Edílson achou a atitude antiética e se explicou.

"Queria fazer um esclarecimento sobre o Avaí. É o clube no qual passei minha categoria de base toda, tenho muito respeito porque foi o meu primeiro clube no profissional. E foi colocado por pessoas lá de dentro que eu tinha procurado o clube, que eu teria me oferecido ao clube. Como eu disse, tenho um respeito muito grande pela torcida. Marquinhos, que é meu irmão, tenho certeza que não saiu da parte dele isso. Mas quero dizer que é completamente antiético tendo contrato com Cruzeiro e me oferecendo a outro clube. Seria antiético pelo Cruzeiro e pelo Avaí. Dizer que não tem nada e que estou indo para Porto Alegre agora", disse o lateral.

Edílson está com 33 anos e foi formado nas categorias de base do Avaí, passando depois por Ponte Preta, Corinthians, Botafogo e Grêmio.

Últimas