Esportes Seleções brasileiras de handebol iniciam reta final de preparação para Olimpíada

Seleções brasileiras de handebol iniciam reta final de preparação para Olimpíada

As seleções brasileiras masculina e feminina de handebol iniciaram nesta semana, em Portugal, a fase final de treinamentos visando a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. No total, serão aproximadamente 40 dias de trabalhos físicos, técnicos e táticos para os treinadores Jorge Dueñas e Marcus Tatá corrigirem os últimos detalhes das equipes antes da estreia na competição.

A equipe feminina fará os primeiros trabalhos no Centro de Treinamento DESMOR, localizado na cidade de Rio Maior. No dia 2 de julho, Dueñas definirá 18 atletas do grupo que irão para a Hungria, onde permanecerão no Centro de Treinamento NEKA, na cidade de Balatonboglár.

Durante este período na Hungria, a seleção feminina realizará três jogos amistosos. As datas estão sendo confirmadas, mas tudo indica que serão nos dias 7, contra Montenegro, 9 e 12, contra a Hungria. Todos os confrontos estão confirmados para a cidade de Siófok.

No dia 13, a delegação viaja com as 15 atletas olímpicas para o Japão, onde permanecerá treinando na cidade de Ota até a entrada na Vila Olímpica, prevista para o dia 21 de julho.

A seleção masculina também está em Portugal, mais precisamente na Cidade do Porto, onde permanecerá até o dia 8 de julho. Entre trabalhos técnicos e táticos, a equipe fará um amistoso contra Portugal, no dia 2, na cidade de Nazaré. No próprio dia 8, Marcus Tatá definirá os 15 jogadores que disputarão os Jogos Olímpicos. Esses atletas viajam para a Alemanha, onde participarão do Torneio de Nuremberg, contra os donos da casa, no dia 9, e o Egito, no dia 10.

No dia 12, a delegação masculina embarca para o Japão e fica treinando em Ota até a entrada na Vila Olímpica, prevista para o dia 20 de julho.

Últimas