Esportes São Paulo visita Bragantino para esquecer eliminação e mostrar 'cabeça no lugar'

São Paulo visita Bragantino para esquecer eliminação e mostrar 'cabeça no lugar'

O São Paulo se incomodou com a saída da Copa do Brasil diante do Grêmio, como ficou exposto pela irritação apresentada com a arbitragem no fim do jogo. Líder disparado do Brasileirão, a equipe volta a jogar uma semana depois daquela eliminação com a missão de mostrar que já está com a cabeça no lugar. Nesta quarta-feira, às 21h30, visita o Red Bull Bragantino, que vem sendo um rival incômodo na temporada 2020.

Disposto a manter os sete pontos de vantagem na liderança, o São Paulo terá de se sobressair diante do oponente. Já foram dois confrontos no ano e resultados nada animadores no Morumbi. Perdeu no Paulistão por 3 a 2 e no Brasileirão não foi além do 1 a 1. Agora, quer apagar essa má impressão.

Assim como na eliminação na Copa do Brasil, mais uma vez o técnico Fernando Diniz terá problemas no setor ofensivo. Luciano ainda não se recuperou da inflamação na perna esquerda e Pablo está com uma contratura muscular. Para piorar, Toró foi diagnosticado com a covid-19.

Fernando Diniz poderia simplesmente repetir a escalação que foi muito bem diante do Atlético-MG. Naquele triunfo por 3 a 0, ele usou Tchê Tchê na vaga de Luciano. O volante jogou com mais liberdade para atacar.

O problema do treinador, contudo, é a ausência de Luan, suspenso. Sem seu primeiro homem de marcação, Tchê Tchê seria a opção imediata como volante. Mas há a chance da utilização do zagueiro Diego Costa, com mais liberdade aos laterais.

Os meias Vitor Bueno e Hernanes seriam opções para formar dupla com o artilheiro Brenner, autor de 22 anos na temporada e vivendo grande fase. Reinaldo, ausente na eliminação na Copa do Brasil, está de volta.

Ganhar em Bragança se faz necessário não apenas para o São Paulo recuperar o moral, como também para evitar a aproximação de Atlético-MG e Flamengo. Apesar dos sete pontos de vantagem, os paulistas têm um jogo a mais do que os cariocas.

Últimas