Esportes São Paulo desafia invencibilidade do Fortaleza contra paulistas na temporada

São Paulo desafia invencibilidade do Fortaleza contra paulistas na temporada

Eliminado da Copa Libertadores pelo Palmeiras e distante da briga pelas primeiras posições neste momento no Campeonato Brasileiro - se afastou alguns passos da zona de rebaixamento -, o São Paulo entra em campo nesta quarta-feira na competição com maior possibilidade de conquista. A equipe do técnico Hernán Crespo enfrenta o Fortaleza, às 21h30, no Morumbi, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, e terá como desafio derrubar o invicto time cearense.

Sob o comando do também argentino Juan Pablo Vojvoda, o Fortaleza ainda não perdeu para times paulistas nesta temporada. O retrospecto é quase perfeito. A equipe cearense superou Corinthians (1 a 0), São Paulo (1 a 0), Red Bull Bragantino (1 a 0) e Palmeiras (3 a 2), além de empatar com o Santos (1 a 1). As partidas foram todas pelo primeiro turno do Brasileirão.

Vojvoda também leva vantagem no duelo direto com Crespo. Os treinadores se enfrentaram em duas oportunidades. Além da derrota no Morumbi por 1 a 0, em 17 de julho deste ano, o argentino do Fortaleza, então técnico do Talleres, bateu o Banfield, do agora são-paulino, por 3 a 1, pelo Campeonato Argentino, em 2019.

Para derrubar os dois tabus, Crespo faz mistério em relação ao time que vai colocar em campo e não definiu se vai escalar Benítez e Luciano como titulares. A dupla entrou no segundo tempo no último domingo, na vitória sobre o Sport, e há uma expectativa de que eles possam começar o jogo com o Fortaleza. Com inúmeros problemas de lesão nesta temporada, no entanto, o técnico do São Paulo não quer acelerar o processo de retorno e correr o risco de perdê-los novamente.

Crespo também não definiu qual será o esquema tático. Com um problema na coxa direita, o zagueiro Arboleda deve desfalcar novamente o São Paulo, assim como aconteceu na Ilha do Retiro. Com isso, o treinador pode optar por manter uma linha de quatro jogadores na defesa, abrindo mão do 3-5-2. O lateral-esquerdo Reinaldo fica à disposição após cumprir suspensão, mas não tem escalação confirmada.

PREMIAÇÃO - O São Paulo vai colocar no bolso mais R$ 3,45 milhões pela participação nas quartas de final da Copa do Brasil. A classificação nesta fase pode render um adicional de R$ 7,3 milhões. A competição paga ao campeão R$ 56 milhões, além de R$ 23 milhões, ao vice.

Últimas