Esportes Santiago “Morro” García, ex-Athletico, é encontrado morto 

Santiago “Morro” García, ex-Athletico, é encontrado morto 

Jogador uruguaio tinha 30 anos e atuou pelo time paranaense entre 2012 e 2013. Atualmente, ele jogava no Godoy Cruz

Reuters
Santiago García, de 30 anos, foi encontrado morto em seu apartamento na Argentina

Santiago García, de 30 anos, foi encontrado morto em seu apartamento na Argentina

Reprodução/Instagram

O jogador uruguaio Santiago “Morro” García, atacante do time argentino Godoy Cruz e com passagem pelas seleções de base do seu país, foi encontrado sem vida em seu apartamento na cidade de Mendoza, informaram o clube e a imprensa neste sábado. O jogador teve passagem discreta pelo Athletico Paranaense, entre 2012 e 2013, com apenas 15 partidas disputadas e dois gols.

"Precisamos confirmar a lamentável notícia deste sábado sobre Santiago García”, afirmou o Godoy Cruz, em uma mensagem a jornalistas. “Em nome de todo o clube, estamos nos sentindo completamente angustiados”. 

As federações de futebol da Argentina e do Uruguai também confirmaram a morte do atacante por meio de suas contas de Twitter, manifestando dor e expressando condolências aos familiares e aos amigos.

García, 30 anos, havia sido afastado do elenco do Godoy Cruz pelo treinador e passava por tratamento psiquiátrico por “problemas pessoais” e “quadro de depressão”, segundo reportagens da imprensa local.

“A saúde mental não diferencia posições no gramado, nem pode ser comprada por dinheiro, prestígio ou reconhecimento. Lamento muito a sua partida, Morro”, afirmou Sebastián Domínguez, ex-jogador do Corinthians, em sua conta no Twitter.

O ministério da Segurança da província de Mendoza investiga a morte do jogador. Segundo a imprensa local, foi encontrada uma arma próxima ao corpo e há a suspeita de suicídio.

Com personalidade controversa, o atacante se destacou durante cinco anos pelo Godoy Cruz, equipe pela qual foi o artilheiro da temporada 2017/18 do futebol argentino.

“Morro”, como chamavam o atacante, começou carreira em 2008 pelo Nacional de Montevidéu. Ele passou pelo River Plate do Uruguai, Athletico Paranaense e Kisimpasa, da Turquia, antes de chegar ao Godoy Cruz em 2016.

Com a seleção uruguaia sub-20, ele participou do Sul-Americano da Venezuela, em 2009, e do Mundial do Egito.

Últimas