Esportes Rússia elimina Espanha e classifica Sérvia na fase final da Copa Davis

Rússia elimina Espanha e classifica Sérvia na fase final da Copa Davis

O último dia da fase de grupos das Finais da Copa Davis reservou emoções para diferentes equipes e chaves, neste domingo. O destaque ficou por conta da Rússia, que eliminou a Espanha, atual campeão, e de quebra classificou a Sérvia, de Novak Djokovic, para as quartas de final.

Em Madri, a Espanha começou na frente, com a vitória de Feliciano López sobre Andrey Rublev por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/3 e 6/4. Na sequência, Daniil Medvedev, atual número dois do mundo, superou Pablo Carreño Busta por 6/2 e 7/6 (7/3). Nas duplas, os russos buscaram a virada, com Aslan Karatsev e Rublev superando Marcel Granollers e López por 4/6, 6/2 e 6/4.

O triunfo por 2 a 1 na série melhor de três jogos levou a Rússia ao primeiro lugar do Grupo A, assegurando sua classificação. Ao mesmo tempo, o resultado garantiu a Sérvia e a Suécia como os dois melhores segundos colocados nesta fase de grupos, assegurando a vaga de ambos nas quartas.

Também avançaram Grã-Bretanha, Alemanha, Itália, Croácia e Casaquistão, que ficaram em primeiro lugar em seus grupos. Pelo cruzamento, a Rússia vai encarar a Suécia, enquanto britânicos e alemães vão se enfrentar, ao mesmo tempo em que a Itália terá pela frente a Croácia. O quarto e último confronto terá Sérvia e Casaquistão.

Ao todo 18 equipes foram divididas em seis grupos de três times cada no atual formato da fase final da Davis. A novidade deste ano é a disputa em três sedes. Madri, como em 2019, na estreia deste formato, é a cidade principal, com mais jogos. As outras sedes são Innsbruck, na Áustria, e Turim, na Itália.

Últimas