Esportes Ricardo Gomes ganha bronze para o Brasil na final dos 200m nos Jogos Paralímpicos

Ricardo Gomes ganha bronze para o Brasil na final dos 200m nos Jogos Paralímpicos

O brasileiro Ricardo Gomes conquistou a medalha de bronze nos 200m da classe T37 (paralisia cerebral) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Ele fechou a prova com o tempo de 22,62 segundos, sua melhor marca da carreira.

O americano Nick Mayhugh garantiu o ouro e bateu o recorde mundial da prova com o tempo de 21,91 segundos. A prata foi para Andrei Vdovin, do Comitê Olímpico Russo (22,24 segundos). O outro brasileiro na disputa, Christian Gabriel terminou na oitava colocação com o tempo de 23,49 segundos.

Foi a primeira medalha paralímpica de Ricardo na carreira. O atleta de 31 anos sofreu um acidente em 2014 e ficou com sequelas no braço e perna direitos. Ele começou no esporte paralímpico somente em 2019 e estrou em Paralimpíada.

Um pouco antes, na final dos 200m da classe T35 (paralisia cerebral), o brasileiro Fabio Bordignon foi desclassificado por ter pisado na linha do balizamento. Dmitrii Safronov, do Comitê Paralímpico Russo, bateu o recorde mundial da prova e garantiu a medalha de ouro com o tempo de 23,00 segundos. A prata ficou com o ucraniano Ihor Tsvietov (23,25) e o bronze para Artem Kalashian, do Comitê Paralímpico Russo (23,75).

Também ficou fora do pódio o brasileiro Mateus Ramos. Na final dos 100m da classe T36 (paralisia cerebral), ele terminou na sexta colocação com o tempo de 12,32 segundos. O chinês Peicheng Deng garantiu o ouro com a marca de 11,85 segundo, novo recorde paralímpico. A prata foi para o australiano James Turner (12,00) e o bronze para o argentino Alexis Chavez (12,02).

Últimas