Esportes Restrições na Alemanha podem deixar Polônia sem Lewandowski nas Eliminatórias

Restrições na Alemanha podem deixar Polônia sem Lewandowski nas Eliminatórias

A seleção da Polônia, comandada pelo técnico português Paulo Sousa, poderá ter um grande desfalque para a partida contra a Inglaterra, no próximo dia 31, no estádio de Wembley, em Londres, pelas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, que será realizada no Catar. O centroavante Robert Lewandowski corre o risco de não estar em campo porque o seu clube, o Bayern Munique, já informou que não liberará o atleta devido às restrições na Alemanha no combate ao novo coronavírus.

"Não queremos correr riscos. Queremos que os jogadores no regresso ao Bayern retomem de imediato os treinos e o ritmo dos jogos. É disso que vai depender a decisão", disse o treinador do clube alemão, Hans-Dieter Flick.

A mesmo situação é vivida pelo defensor Alaba, já que a Áustria enfrentará a Escócia, no próximo dia 25, em Glasgow, pelo mesmo qualificatório. "Se um jogador tiver de ser colocado em quarentena quando regressar, o clube está autorizado a não o liberar", explicou Flick, antes de assumir que "ainda nada está decidido".

Segundo os cientistas, a variante britânica do novo coronavírus é ainda mais "preocupante" por ser mais contagiosa. Cumprindo as regras alemãs relacionadas com a covid-19, o Bayern de Munique ficaria privado dos atletas na importante visita ao RB Leipzig, segundo colocado com quatro pontos a menos neste momento, no dia 3 de abril.

Neste início de Eliminatórias, a Polônia jogará contra Hungria, em Budapeste, Andorra, em casa, e Inglaterra. Os três jogos serão os primeiros sob o comando de Paulo Sousa, que aos 50 anos terá sua primeira oportunidade à frente de uma seleção nacional.

Últimas