Esportes Reinaldo mostra preocupação com jejum do São Paulo: 'Não podíamos começar assim'

Reinaldo mostra preocupação com jejum do São Paulo: 'Não podíamos começar assim'

Derrotado por 1 a 0 pelo Atlético-MG neste domingo, o São Paulo vive um início de Brasileirão que desperta a preocupação dos torcedores. O time não marcou nenhum gol nas três primeiras rodadas e somou apenas um ponto, em empate sem gols com o Fluminense, na rodada de estreia. Diante deste cenário, o lateral-esquerdo Reinaldo garante que está tão preocupado quanto a torcida.

Em entrevista na saída do gramado, o jogador são-paulino disse que não considera aceitável a maneira como o time vem se portando nas primeiras rodadas, mas garante que o elenco está motivado. "A gente sabe que não podíamos começar o Brasileiro assim, uma competição tão difícil. Mas não faltou dedicação ou empenho para buscar o resultado e fazer os gols", avaliou o lateral.

O São Paulo vinha de uma vitória por 9 a 1 sobre o 4 de julho, pela rodada de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Ainda que o triunfo tenha sido contra um adversário menos expressivo, o resultado serviu para criar esperanças que não se concretizaram na sequência da bateria de jogos.

O time terá uma nova chance de mudar o cenário na próxima quarta-feira, quando recebe a Chapecoense no Morumbi, a partir das 19 horas, na abertura da quarta rodada. "Não conseguimos, mas o trabalho continua. Cabeça erguida, temos um jogo em casa na quarta, vamos buscar os três pontos", disse Reinaldo.

Depois do duelo contra a Chapeconse, o São Paulo se prepara para jogar o seu primeiro clássico no Brasileiro, na Vila Belmiro, onde encara o Santos, no próximo domingo. Com apenas um ponto somado, a equipe comandada por Hernán Crespo briga na parte inferior da tabela e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Últimas