Esportes Reinaldo critica confusão do VAR e diz que diretoria do São Paulo procurará CBF

Reinaldo critica confusão do VAR e diz que diretoria do São Paulo procurará CBF

O lateral-esquerdo Reinaldo reclamou muito da confusão realizada pela equipe de arbitragem no empate do São Paulo por 1 a 1 com o Ceará, na noite desta quarta-feira. Isso porque o time tricolor chegou a marcar o segundo gol, que foi corretamente anulado pelo assistente de campo por causa de impedimento de Pablo. O VAR, no entanto, validou o gol. O árbitro Wagner Magalhães chegou a autorizar o reinício da partida, mas o VAR o chamou novamente para anular o gol.

Pela regra da CBF, uma marcação não pode ser alterada depois que outro lance já esteja em andamento. Por isso, Reinaldo acredita que a diretoria do São Paulo vai reclamar com a entidade.

"A reclamação é que o juiz autorizou o início validando o gol e depois ele volta atrás do nada. Não sei o que vai acontecer com esse jogo. Tenho certeza de que nossa diretoria vai falar com a CBF, porque isso não pode acontecer, é passível de anulação de jogo. Tem que rever isso. Isso eu nunca tinha visto", criticou Reinaldo.

O lance polêmico ocorreu aos 12 do segundo tempo e o jogo ficou quatro minutos paralisado. O São Paulo tinha aberto o placar na etapa inicial, com Diego Costa. O Ceará empatou no primeiro minuto da etapa final, com Léo Chú.

Com o resultado, o São Paulo permanece em terceiro lugar, com 38 pontos, atrás de Flamengo e Atlético-MG. A equipe tricolor perdeu a oportunidade de esquentar ainda mais a briga pela liderança do Brasileirão.

"Sabemos que era um jogo importante para chegar na ponta da tabela e nossa equipe fez o nosso jogo. Tivemos a oportunidade de fazer o segundo gol, mas infelizmente não conseguimos fazer. É trabalhar e descansar, porque temos um jogo contra o Bahia. Vamos descansar que temos muitos jogos pela frente para buscar a liderança", analisou Reinaldo, lembrando da partida de sábado, em Salvador.

Últimas