Esportes Red Bull Bragantino derrota Tolima em seu retorno a um torneio continental

Red Bull Bragantino derrota Tolima em seu retorno a um torneio continental

Após um hiato de 25 anos fora de uma competição continental, o Red Bull Bragantino iniciou sua trajetória na Copa Sul-Americana com vitória consistente sobre o Tolima, eterno algoz do Corinthians - por eliminar o clube alvinegro da Copa Libertadores em 2011 -, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, pela primeira rodada da fase de grupos.

Com o resultado, o Red Bull Bragantino divide a liderança do Grupo G com o Emelec, que, mais cedo, derrotou o Talleres, na Argentina, por 2 a 1. Assim como o clube argentino, o Tolima não pontuou.

O Tolima começou o jogo recuado, esperando uma ação do Red Bull Bragantino e ela veio com um gol logo aos nove minutos. Claudinho pela esquerda, na entrada da área, e chutou cruzado. A bola desviou em Castrillón, bateu na trave e parou no fundo das redes. Arbitragem assinalou gol contra.

Com uma marcação alta, o Bragantino dificultou a saída de bola do Tolima, que não conseguiu encaixar uma jogada de mais perigo. Já o time paulista foi cirúrgico. Aos 44 minutos, Helinho partiu em velocidade e chutou. O goleiro Montero espalmou nos pés de Ytalo, que ampliou o marcador.

No segundo tempo, com ampla vantagem no placar, o Bragantino fez um jogo estratégico. Maurício Barbieri recuou o time, que ficou com a posse de bola e foi ditando um ritmo lento contra um adversário que não conseguiu criar. Com jogadores rápidos e talentosos na frente, a equipe paulista foi deixando o tempo passar.

Com a vitória praticamente assegurada, o Bragantino se acomodou e sofreu um sufoco do Tolima nos minutos finais. Aos 47 minutos, o árbitro marcou um pênalti após a bola bater no braço de Aderlan dentro da área. Mosquera foi para a cobrança e diminuiu, mas já não havia mais tempo para buscar o empate.

Na próxima rodada, o Red Bull Bragantino enfrenta o Emelec na quarta-feira, às 21h30, no estádio George Capwell, no Equador. No mesmo dia e horário o Tolima desafia o Talleres, na Colômbia.

Últimas