Esportes Raquetes e roupas de Roger Federer são leiloadas por R$ 24 milhões

Raquetes e roupas de Roger Federer são leiloadas por R$ 24 milhões

Fora dos Jogos de Tóquio por causa de uma nova lesão no joelho, Roger Federer encontrou um bom motivo para comemorar nesta quarta-feira. Sua coleção de roupas e raquetes de tênis foi leiloada por 3,98 milhões de euros (cerca de R$ 24 milhões). A quantia arrecadada vai para a fundação do tenista de 39 anos, que financia projetos educacionais para crianças no sul da África e na Suíça.

Inicialmente, o leilão tinha como meta atingir a marca total de 1 milhão de euros. A venda de shorts, camisas polo, tênis e raquetes do dono de 20 títulos de Grand Slam ocorreu em duas etapas: uma venda ao vivo em 23 de junho, em Londres, e outra online, de 23 de junho a 14 de julho.

A venda de Londres foi dedicada à carreira do suíço nos quatro torneios do Grand Slam, enquanto o leilão virtual foi dedicado a todos os seus 21 anos no circuito, desde sua primeira participação nos Jogos Olímpicos de Sydney em 2000, quando ele tinha apenas 19 anos.

O maior lote da venda online, que consiste em três raquetes usadas em Wimbledon em 2019, foi vendido por 162,5 mil euros (R$ 975 mil). "Os valores alcançados foram incríveis, o que me deixa muito feliz porque o dinheiro vai para a Fundação Roger Federer", disse o tenista suíço.

De acordo com um representante da Christie's, empresa que realizou o leilão, a coleção Federer é a mais importante de recordações esportivas já colocada no mercado por um único proprietário.

Últimas