Esportes Ramon nega ter bebido antes do acidente que matou ciclista

Ramon nega ter bebido antes do acidente que matou ciclista

Investigações ainda indicarão como aconteceu o atropelamento. Não há informações se jogador se submeteu a teste de alcoolemia

Agência Estado - Esportes
Ramon, lateral do Flamengo, negou ter ingerido bebida alcoólica

Ramon, lateral do Flamengo, negou ter ingerido bebida alcoólica

Lance! Galerias

Em depoimento dado à polícia ao lado do advogado, o lateral do Flamengo Ramon negou ter ingerido bebida alcoólica antes de se envolver no atropelamento que provocou a morte do ciclista e entregador de aplicativo Jonatas Davi dos Santos, de 30 anos. O acidente aconteceu na noite deste sábado (4), na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com o próprio jogador, o ciclista cruzou a pista repentinamente e o pegou de surpresa. No mesmo depoimento, Ramon afirmou que chamou os bombeiros para que fizessem o atendimento no local. O ciclista, porém, morreu a caminho do hospital Lourenço Jorge. O caso foi registrado como homicídio culposo provocado por atropelamento.

Investigações ainda indicarão como aconteceu o acidente, e não há informações se o jogador foi submetido ao teste de alcoolemia. Um policial militar que esteve no local disse, também em depoimento, que a rua é bem sinalizada, que as condições climáticas e de visibilidade eram boas no momento do atropelamento e que o fato ocorreu logo depois de um semáforo.

A assessoria do atleta informou que Ramon está ainda muito triste e abalado com o ocorrido, e que estão buscando uma forma de entrar em contato com a família da vítima. A assessoria do Flamengo afirmou também que está prestando todo o apoio ao lateral neste momento e que "o clube deixou o atleta bem à vontade para treinar ou não".

Reeleito presidente do Flamengo neste sábado, Rodolfo Landim comentou o acidente: "Eu estava no meio da contagem dos votos quando alguém me contou. A gente fica triste. Ele é um atleta exemplar. Óbvio que vamos prestar apoio a ele", finalizou.

Imagens do veículo mostram o para-brisa quebrado no lado do passageiro. Toda a lateral direita do carro também ficou danificada, incluindo o retrovisor, que foi arrancado com o choque. A polícia pretende contar com imagens de câmeras de segurança do local, além da coleta de depoimentos, para as apurações.

Ramon passou a ser mais utilizado na equipe principal do Flamengo nesta reta final de temporada. O atleta foi titular em sete dos últimos 11 jogos da equipe rubro-negra no Campeonato Brasileiro. O lateral também participou de alguns jogos da Copa do Brasil e da Libertadores.

Mundial: Chelsea tem elenco quase seis vezes mais caro que Palmeiras

Últimas