Vândalos tentam invadir hotel do Corinthians em Maceió

Não bastasse a vergonha pela derrota para o humilde CSA, os jogadores passaram medo em Maceió. Vândalos quiseram invadir o hotel em Alagoas

Soldados da Polícia Militar alagoana no hotel. Por conta dos vândalos

Soldados da Polícia Militar alagoana no hotel. Por conta dos vândalos

Divulgação

São Paulo, Brasil

O que já estava vergonhoso, ficou pior.

No início da madrugada, cerca de 30 torcedores tentaram invadir o hotel onde o Corinthians está hospedado em Maceió.

Eles queriam cobrar o time que está há sete partidas sem vencer e despenca no Campeonato Brasileiro.

Foi uma ação orquestrada, preparada.

Eles esperaram a Polícia Militar ir embora e tentaram a invasão.

Chegaram em cinco carros e queriam chegar até os jogadores.

Funcionários do hotel perceberam o que ocorria e fecharam a porta principal, de vidro.

Os vândalos quebraram a porta.

Mas foram contidos por seguranças corintianos.

Houve troca de empurrões.

Ao saberem que a Polícia Militar estava voltando, os torcedores foram embora.

No estádio já havia tido confusão entre seguranças dos dois clubes

No estádio já havia tido confusão entre seguranças dos dois clubes

Reprodução/Twitter

Na hora da invasão, os jogadores jantavam e acompanharam a confusão.

E não tiveram contato com os vândalos.

Mas ficaram assustados, tensos.

Cássio, que chegou mais tarde que o restante do time, por conta do exame antidoping, não se envolveu na confusão porque entrou no hotel por uma porta lateral. 

Soldados da PM alagoana ficaram no hotel para ajudar os seguranças corintianos a protegerem a delegação.

E seguirão reforçando até o embarque de volta para São Paulo.

A situação foi lastimável...