Corinthians

Cosme Rímoli Sidcley afastado. Luan na mira. Mancini cansou de acomodação

Sidcley afastado. Luan na mira. Mancini cansou de acomodação

O treinador apela para a derradeira estratégia, sonhando com vitórias e sua sobrevivência. Afastar jogadores. Sidcley foi o primeiro. Luan, na mira

  • Cosme Rímoli | Do R7

Mancini usou Sidcley para dar um recado ao elenco. Se sentir acomodação, vai afastar

Mancini usou Sidcley para dar um recado ao elenco. Se sentir acomodação, vai afastar

Corinthians

São Paulo, Brasil

A última cartada de Vagner Mancini.

O treinador sabe que suas chances são remotíssimas de seguir no Corinthians.

Os dois grandes favoritos à eleição no clube, marcada para daqui 28 dias, Mario Gobbi e Duílio Monteiro Alves, o desejam comandando o time.

Leia mais: Hugo: dez jogos no Flamengo. E Jaguar de R$ 400 mil

Mancini é consciente que tem um elenco fraquíssimo nas mãos. E precisa ao menos tentar garantir o caminho de volta para a Libertadores em 2021. Buscar a sexta colocação no Brasileiro.

Ele já mudou estrutura tática. Alterou a preparação física. Decidiu apostar no psicológico.

Mas a derradeira, o mais desesperado recurso foi usado com Sidcley.

Jogador de 27 anos, emprestado pelo Dínamo de Kiev. Ele teve uma excelente passagem pelo Corinthians em 2018. Foi vendido para a Rússia.

Retorno em fevereiro. Mudado, acomodado, com enorme dificuldade em entrar em forma. Se transformou em reserva do reserva, atrás de Lucas Piton e Fábio Santos. Desmotivado, sabe que será devolvido em dezembro.

Veja também: Goleadas de Real e Chelsea marcam sábado de futebol na Europa

Entrou no jogo contra o América, na quarta-feira. E foi um dos envolvidos na falha do gol do time de Lisca Louco, que derrotou o Corinthians, no primeiro jogo das oitavas-de-final da Copa do Brasil, em pelo arena de Itaquera.

Mancini cobrou o grupo todo, ainda no vestiário.

E não gostou da postura de Sidcley, que considerou desinteressada.

Foi o gatilho para o vivido Mancini dar o choque. O afastou definitivamente do grupo. O lateral treinará separado até terminar seu contrato de empréstimo.

Mancini teve o aval de Andrés para tirar outros atletas que considerar acomodados do grupo.

Luan está na mira de Mancini. Treinador exige o fim da acomodação meia

Luan está na mira de Mancini. Treinador exige o fim da acomodação meia

Reprodução/Sportv

Ele já deixou vazar que Luan iria ser fortemente cobrado. Acabou a paciência do treinador com o meia. Ele quer efetividade, disposição, luta. Chega de desculpa de adaptação.

Mancini conseguiu seu objetivo.

Os veículos de comunicação deixaram ainda mais pressionado seu grupo.

Os jogadores prometem já dar a resposta hoje, contra o Internacional, o líder do Brasileiro, em Itaquera.

A cartada é perigosa.

Porque o elenco corintiano não é acomodado.

É fraquíssimo tecnicamente.

Mas Mancini não tem o que fazer.

E vai tentar, apelando para o medo dos jogadores, novos resultados.

Que garantam ter chance de sobreviver.

Se o time seguir perdendo, novos atletas serão afastados.

Até que venha a eleição no Corinthians.

E Gobbi ou Duílio decidam o que fazer com Mancini...

Bruno Lazaroni, do Botafogo, é o 14º técnico demitido no Brasileirão

Últimas