Cosme Rímoli Presidente do Santos afastado. Desta vez, não escapará do impeachment

Presidente do Santos afastado. Desta vez, não escapará do impeachment

José Carlos Peres foi afastado da presidência do Santos. Sofrerá terceiro processo de impeachment. Agora, todas as alas políticas se uniram contra ele

  • Cosme Rímoli | Do R7

Aprovado o terceiro pedido de impeachment de Peres, que foi afastado da presidência

Aprovado o terceiro pedido de impeachment de Peres, que foi afastado da presidência

Santos

São Paulo, Brasil

O Santos não tem presidente.

Como o blog havia antecipado, José Carlos Peres foi afastado da presidência.

Para não mais voltar.

A reunião virtual do Conselho Deliberativo foi firme.

Dos 176 conselheiros, 161 votaram pelo afastamento, houve nove abstenções e apenas seis votos contrários.

E está aberto o processo de impeachment de Peres.

Além do presidente, o Conselho de Gestão do clube também foi afastado.

Anilton Perão, Estavam Juhas, Fábio Gaia, José Bruno Carbone, Matheus Rodrigues, Paulo Schiff e Pedro Dória formam o conselho.

O motivo que mudou a cúpula santista: 'gestão temerária ou irregular'.

O vice-presidente Orlando Rollo, que havia sido banido da atual gestão, há mais de um ano, assume o cargo.

E já como primeira missão quer manter Cuca como treinador do clube, apesar de ter sido contratado por Peres.

O treinador dizia no domingo que se sentia comprometido pelo presidente, que foi quem o convidou para o cargo.

Mas a tendência é que aceite seguir no Santos.

Cuca se sente em dívida com Peres, pelo convite. Rollo tentará convencê-lo a ficar

Cuca se sente em dívida com Peres, pelo convite. Rollo tentará convencê-lo a ficar

Santos

Fortes acusações que pesaram contra Peres : comissões pagas na transferência de Bruno Henrique ao Flamengo, uso de cartão corporativo por razões pessoais do presidente José Carlos Peres, além de diferença entre o que havia sido orçado e o que foi gasto.

As contas do clube em 2019, assim como em 2018, não foram aprovadas.

Além disso, Peres foi incapaz de pagar conseguir negociar as dívidas do Santos com o Hamburgo, pela compra do zagueiro Cleber, e com o Huachipato, pela contratação de Soteldo.

Pelos calotes, o clube foi punido pela Fifa. Impedido de contratar por três janelas.

O dirigente não voltará para o cargo por uma razão muito simples.

Peres tem todas as alas do clube contra ele.

Ao contrário de dois processos de impeachment que ele sobreviveu, ele nunca esteve tão isolado.

Os sócios votarão por sua permanência ou não na direção do clube.

O processo deste impeachment tem dois meses para ser colocado em prática.

Ou seja, a votação deve acontecer no final de novembro.

A eleição do Santos acontecerá no início de dezembro.

 O vice Orlando Rollo, rompido com Peres, assume a presidência do Santos

O vice Orlando Rollo, rompido com Peres, assume a presidência do Santos

Ivan Storti/Santos

O quadro é terrível para Peres.

Desta vez, o clube não está dividido, como nas outras duas.

As chances de sobrevivência no cargo são praticamente nulas.

O Santos viverá outra realidade...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Larghi é mais um! Brasileirão já teve 8 quedas de técnico em 11 rodadas

Últimas