Cosme Rímoli Por medo do coronavírus, CBF não quer imprensa nos jogos da Seleção

Por medo do coronavírus, CBF não quer imprensa nos jogos da Seleção

CBF deverá anunciar que haverá apenas entrevistas virtuais. Treinos serão fechados contra Bolívia e Peru. Como nos jogos. Sem repórteres nos estádios

  • Cosme Rímoli | Do R7

Coletivas virtuais nos jogos do Brasil. Para proteger técnico e jogadores

Coletivas virtuais nos jogos do Brasil. Para proteger técnico e jogadores

CBF

São Paulo, Brasil

O vírus do coronavírus preocupa a CBF.

E a entidade está decidida a proteger os jogadores da Seleção Brasileira da imprensa.

A tendência é que não libere jornalistas nos treinos e mesmo nos dois primeiros jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas.

Nas partidas diante da Bolívia, na arena do Corinthians, e Peru, em Lima, os jornalistas participarão apenas de coletivas virtuais.

Há um grande medo que estrelas convocadas da Europa possam se contagiar nas partidas da Seleção.

Daí a decisão de não ter repórteres brasileiros nos jogos.

Além disso, a coletiva virtual da convocação de Tite para as duas partidas, foi considerada um 'sucesso'.

A única exceção será as emissoras que transmitirão os jogos.

Em número limitado seus repórteres poderão trabalhar. 

Provavelmente, um por veículo, para cada seleção.

A confirmação deverá sair até a próxima semana.

O jogo contra a Bolívia será no dia 9 de outubro.

E diante do Peru, no dia 13 de outubro...

Craque no Manchester City, Gabriel Jesus curte vida de jeito simples

Últimas