Cosme Rímoli Para ganhar o Brasileiro, depois da Série B, Inter contrata Guerrero

Para ganhar o Brasileiro, depois da Série B, Inter contrata Guerrero

O clube gaúcho acerta contrato de três anos com o peruano. Era a estrela que buscava na luta para tentar fazer história. Aposta midiática

guerrero

Paolo Guerrero. Pronto para provar no Internacional que é um grande artilheiro

Paolo Guerrero. Pronto para provar no Internacional que é um grande artilheiro

Max Rossi/Reuters - 26.6.2018

São Paulo, Brasil

Repetir o Tottenham, na Inglaterra, em 1951.

O Kaiserslautern, na Alemanha, em 1998.

E fazer o que nenhum clube conseguiu neste país.

Sair da Segunda Divisão e ser campeão brasileiro, no ano seguinte.

Veja mais: Guerrero deixa Flamengo e acerta contrato com o Internacional

Além de tirar o foco do maior rival, atual campeão da Libertadores, o Grêmio.

A direção do Internacional resolveu fazer sua maior aposta em muitos anos. 

Com a ajuda do grupo DIS, do bilionário Delcir Sonda.

Paolo Guerrero é colorado.

Aos 34 anos, ele fechou contrato por três anos.

Já chegará como a maior estrela do futebol gaúcho. Nenhum atleta gremista tem sequer metade do seu poder midíatico.

O maior jogador da história do Peru arrastará holofotes, apesar de sua decepcionante passagem pelo Flamengo. O clube da Gávea gastou R$ 41 milhões para ter seu futebol por três anos. O resultado não foi o que dirigentes, torcedores e mesmo o jogador esperavam.

Não se tornou o grande ídolo do renascimento do clube. 

Veja mais: Acréscimos em Atlético-MG x Inter viram piada na web

Passou por vários períodos de jejum.

Em três anos marcou apenas 43 vezes.

Não chegou a atuar com o mesmo sucesso que no Corinthians.

Primeiro, o elenco era fraco. Depois, vieram as contusões. A cobrança sempre exagerada. Muita gente importante na Gávea esperava um craque, quando Guerrero sempre foi um grande definidor. 

Guerrero já não se sentia mais uma estrela no Flamengo. Por isso, escolheu sair

Guerrero já não se sentia mais uma estrela no Flamengo. Por isso, escolheu sair

Flamengo

Até que surgiu a acusação de doping, que quase o tirou da Copa do Mundo. Mas teve força suficiente para alterar o seu estado psicológico. Enquanto não conseguiu se livrar da acusação, passou por vários momentos de depressão.

Veja mais: Maestros: quem são os camisas 10 dos times do Campeonato Brasileiro

Ao ser liberado para jogar a Copa na Rússia, agradeceu a tudo e todos, menos ao Flamengo. Ele sentiu falta de apoio dos dirigentes. Agiram como se não confiassem na sua inocência. Já ficava claro que ele não seguiria na Gávea, antes mesmo de se juntar à Seleção Peruana na disputa do Mundial.

O presidente Bandeira de Mello foi duramente criticado por membros de sua diretoria pelo alto investimento em Guerrero. O jogador sabia dessas cobranças. E passou a ficar mais distante do Flamengo. A relação era apenas profissional. O entusiasmo dos dois lados já havia terminado há muito tempo.

COSME RÍMOLI: O bipolar Corinthians quer o jogador acusado de agredir a namorada

Guerrero e seus representantes continuam trabalhando muito forte em relação ao dinheiro. Mesmo aos 34 anos, o atacante chegou a um acordo que beira os R$ 700 mil mensais. Serão R$ 250 mil pelo Inter e R$ 250 mil pelo grupo DIS. Mas o jogador receberá por produtividade. Ou seja, cada vez que entrar em campo, ganhará um cachê. A cada 30 dias, seus vencimentos deverão alcançar, se jogar a maioria das partidas, os R$ 700 mil. Há ainda bônus por artilharia e conquista de campeonatos.

O contrato vai até o final de 2021, ou seja, até aos 37 anos do jogador. Seus planos são de encerrar a carreira no Alianza Lima, onde começou a jogar futebol.

Veja mais: Quanto vale cada elenco nas oitavas da Liberta? Veja números

Para o Internacional, a chegada de Guerrero tem tudo para ser muito importante. O clube se ressentia não só de um grande artilheiro. Mas de uma estrela. D' Alessandro já tem 37 anos, continua com garra, vibração, mas seu futebol não brilha tanto. 

A contratação do peruano é um investimento.

Com a ótima campanha no Brasileiro, há a certeza que com o jogador midiático, os jogos em Porto Alegre deverão estar lotado. O clube espera uma arrancada no plano de sócios-torcedores. Fora a esperança de novos patrocinadores.

Veja mais: Quantos clubes trocaram de técnico no Campeonato Brasileiro 2018?

E há a certeza.

Guerrero será tratado de novo como estrela.

Como era no Corinthians.

O que já não acontecia mais na Gávea.

Guerrero quer voltar a se sentir especial. Como era no Parque São Jorge

Guerrero quer voltar a se sentir especial. Como era no Parque São Jorge

Agência Corinthians

O Internacional faz uma aposta importante.

Reafirma sua grandeza.

E ganha o incentivo para um feito inédito.

Ser campeão brasileiro, depois do inferno da Série B.

Com Paolo Guerrero disposto.

Veja mais: Mbappé-Cavani-Neymar: quem será protagonista do PSG na temporada?

Querendo provar que é um grande artilheiro.

Algo que o Flamengo não viu...

Técnicos também são trocados na Europa! Veja as principais mudanças

    Access log