Cosme Rímoli O mundo quer que Messi seja campeão da Copa América

O mundo quer que Messi seja campeão da Copa América

Seis vezes melhor do planeta, nunca venceu um título sequer com a Argentina. Disputará sua quinta final com a camisa do seu país. Morte de Maradona no ano passado torna a final mais emocional para Messi

  • Cosme Rímoli | Do R7

Messi é o principal jogador da Copa América. E jamais ganhou um título profissional com a Argentina

Messi é o principal jogador da Copa América. E jamais ganhou um título profissional com a Argentina

Conmebol

São Paulo, Brasil

No Brasil, Neymar pode até considerar inadmissível haver torcida para a Argentina, hoje, às 21 horas, no Maracanã, na final da Copa América.

Mas no restante do mundo, não.

Por conta de Lionel Messi.

Seis vezes melhor jogador do planeta.

Três vezes campeão mundial e tetracampeão da Champions pelo Barcelona.

Jogador extraordinário, mas que jamas conquistou qualquer título profissional com a camisa argentina. Fracassou em três finais de Copa América e na decisão da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Ele recebeu mensagens de fãs de inúmeros países desejando que conquiste o título hoje.

Aos 34 anos, ele precisa vencer uma competição pela Argentina. A cobrança, a pressão são enormes. Tanto que o meia já pensou em nunca mais jogar por seu país, depois de perder a Copa América de 2016.

É difícil o momento. É duro para qualquer análise. No vestiário pensei que acabou a seleção para mim. Não é para mim", garantiu, mas voltou atrás, diante dos inúmeros apelos para volta. 

Na Argentina, a esperança de conquista está toda sob os ombros de Messi

Na Argentina, a esperança de conquista está toda sob os ombros de Messi

Reprodução/Instagram

A falta de conquista de um título pela Argentina já fez até mesmo a mãe de Messi, Celia Cuccittini, cobrar publicamente o filho.

"A verdade é que dói. Porque você pode criticar sem ofender, sem tirar sarro. E isso, como mãe, obviamente dói.

"Obviamente que nem todos precisar gostar dele.

"Nós da família sabemos que tem uma dívida com a Argentina.

"Mas quem mais do que ele não queria ganhar uma Copa do Mundo, uma Copa América?", disse, em 2019.

O grande problema de Messi sem foi a falta de atletas talentosos para repartir a responsabilidade em campo. O que segue acontecendo com o atual time. Bem ao contrário dos seus 17 anos de Barcelona.

Para aumentar a pressão sentimental, a Copa América deste ano é a primeira competição oficial da Argentina desde a morte de Diego Armando Maradona, em novembro do ano passado.

Para Messi, conquistar o torneio seria ir além de 'pagar a dívida' com seu país. E homenagear o excepcional compatriota, que foi seu treinador na Copa de 2010.

No Maracanã, todos esperam pelo duelo com seu grande amigo, Neymar, a quem tentou nos últimos dois anos, arrastar de volta ao Barcelona. Desta vez é o brasileiro que insiste com o clube francês na contratação do argentino.

Esse duelo, entre Messi e Neymar, tem tudo para definir o vencedor hoje à noite

Esse duelo, entre Messi e Neymar, tem tudo para definir o vencedor hoje à noite

AFP

No duelo entre os dois, por suas seleções, a vantagem é de Messi.

2016: Brasil 3 x 0 Argentina – Eliminatórias da Copa do Mundo
2014: Brasil  2 x 0 Argentina – Superclássico das Américas
2012 Argentina 4 x 3 Brasil  – Amistoso
2011 Barcelona 4 x 0 Santos  – Mundial Interclubes
2010 Argentina 1 x 0 Brasil – Amistoso

Messi conta a simpatia da opinião pública principalmente dos europeus, que não perdoam Neymar por suas simulações e chiliques tão comuns pelo PSG.

Para a Conmebol também seria excelente se a Argentina vencesse, pela repercussão, muito maior do que se os brasileiros, favoritos, vencessem. Teria mais visibilidade por conta de Messi.

Maradona e Messi. O encontro de gênios, na Copa de 2010. A morte de Maradona exige homenagem

Maradona e Messi. O encontro de gênios, na Copa de 2010. A morte de Maradona exige homenagem

AFP

Messi marcou quatro gols e deu cinco assistências nesta Copa América. Dos 11 gols que a Argentina fez, apenas dois não tiveram sua participação direta.

Faz 28 anos que o selecionado que teve Maradona não vence um campeonato.

Seria o primeiro da história com Messi.

Por todas essas circuntâncias, a torcida fora do Brasil é da Argentina.

E por seu camisa 10...

Últimas