Cosme Rímoli Lázaro. Artilheiro que não marcou um gol e joga no lanterna do Espanhol. Atacante 'carimbo Leila Pereira' chega ao Palmeiras

Lázaro. Artilheiro que não marcou um gol e joga no lanterna do Espanhol. Atacante 'carimbo Leila Pereira' chega ao Palmeiras

Palmeiras outra vez aposta em um atleta barato para jogar como atacante. Desde que passou pelos traumas Borja e Barrios, Leila segue essa rotina. O nome da vez é Lázaro, que chega do Almeria. Em péssima fase

  • Cosme Rímoli | Do R7

Lázaro. Nenhum gol ou assistência na temporada 2023/2024. Almeria é o último do Espanhol

Lázaro. Nenhum gol ou assistência na temporada 2023/2024. Almeria é o último do Espanhol

Almeria

São Paulo, Brasil

'Uma contratação com o carimbo Leila Pereira.'

A ironia é de um dos conselheiros do Palmeiras, muito influente nos bastidores.

Ele deu seus argumentos por uma grupo de whatsapp.

Muitos palmeirenses queriam saquer quem é Lázaro, recém-contratado por empréstimo.

E se chocaram com as informações.

O atacante mineiro atua no Almeria, último colocado do Campeonato Espanhol.

Começou no Flamengo. Foi para a Espanha em 2022. A direção do fraco clube europeu acreditou estar fazendo excelente investimento, comprando uma grande revelação do futebol brasileiro.

Gastou 7 milhões de euros, cerca de R$ 37,4 milhões.

Era setembro de 2022. Foi a principal contratação da equipe que voltava da Segunda Divisão.

Só que o jogador teve péssimas atuações, ao lado de companheiros de nível muito baixo. Marcou apenas seis gols. A equipe não foi rebaixada por um triz, ficando em 17º lugar, as três abaixo, caíram.

Lázaro chegou a ser uma grande promessa no Flamengo. Começou no futebol de salão. Logo a habilidade, velocidade e artilharia o levaram para o futebol de campo. Foi o principal destaque da Seleção Brasileira, campeã mundial sub-17.

O clube rubro-negro tratou de fixar sua multa em 80 milhões de euros, cerca de R$ 428 milhões.

Paulo Bento foi o técnico que deu mais chances ao jogador. Mas ele fracassou, assim como o treinador português.

Lázaro foi destaque na Seleção Brasileira, campeã Mundial sub-17. Em 2019. Desde lá, não se firmou

Lázaro foi destaque na Seleção Brasileira, campeã Mundial sub-17. Em 2019. Desde lá, não se firmou

CBF

Gabigol e Pedro não davam chances.

E Lázaro foi vendido menos de 10% do que sonhava a direção rubro-negra.

Foi para o Almeria sonhando em usar o pequeno clube como trampolim para um gigante europeu.

Só que suas atuações passaram a serem cada vez piores.

Na temporada 2022/2023 marcou apenas seis gols.

E nesta 2023/2024 não fez um gol sequer, em 16 partidas.

Não deu uma assistência.

O atleta de 21 anos foi oferecido ao Palmeiras na segunda-feira, como substituto de Bruno Rodrigues, que lesionou o joelho direito, depois de estrear no péssimo gramado sintético.

O executivo Anderson Barros tratou de perguntar a Abel sobre o atacante. E o treinador português deu seu aval. Baseado no que Lázaro havia feito no Mundial de 2019, há cinco anos.

A 'desculpa' dada aos conselheiros é que Lázaro é uma aposta barata. Veio por empréstimo até o final da temporada. Mais um jogador para dar opções ao elenco.

Só que sua multa rescisória, caso o Palmeiras decida comprá-lo é de 13 milhões de euros, cerca de R$ 69,5 milhões. Quantia interessante, já que no mercado internacional, ele está avaliado em 2,5 milhões de euros, R$ 13 milhões. Basta consultar os sites especializados em transações de jogadores.

Assim segue o Palmeiras quando o assunto é atacante.

Por decisão da mulher que controla o clube.

Leila Pereira...

Outra vez, assim como havia acontecido com o próprio Bruno Rodrigues, a contratação de Lázaro foi rejeitada por inúmeros palmeirenses nas redes sociais.

O sonho de um artilheiro de relevância foi adiado. 

Navarro, Merentiel, Flaco López, Bruno Rodriguez e, agora, Lázaro.

Com Leila Pereira como presidente, só atacantes de com algum potencial, sonhando que se desenvolvam e se valorizem, para futura venda.

A dirigente enfrenta o efeito Borja e Barrios.

Ambos jogadores que foram apresentados como artilheiros indiscutíveis. 

O dinheiro da Crefisa foi envolvido na compra dos dois, que fracassaram de forma assustadora.

Leila decidiu que só investiria em atletas promissores como goleadores, com poder de revenda.

A sua maior ousadia foi a tentativa frustrada com Pedro, no Flamengo.

Abel Ferreira não tem o direito de sonhar com jogadores de enorme potencial ofensivo.

A responsável, assumida, é Leila Pereira.

Ela só quer atleta de preferência até 24 anos.

Com 25 e 26, jogadores que demonstraram seu potencial. 

Por isso, Lázaro chega ao Palmeiras.

Com o 'carimbo Leila Pereira'.

Barato, com potencial para se desenvolver.

Mera aposta.

É Lázaro quem ficará quando Endrick for embora...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas