Cosme Rímoli Jogador do Olympique confessa. Neymar não foi racista

Jogador do Olympique confessa. Neymar não foi racista

Hiroki Sakai, lateral do Olympique, acabou com a polêmica. Neymar não o chamou de 'chinês de mer..." como veículos de comunicação garantiam

  • Cosme Rímoli | Do R7

São Paulo, Brasil

A pessoa mais interessada acabou com a polêmica.

O japonês Hiroki Sakai decidiu expor nas suas redes sociais.

Neymar não apelou para o racismo.

Não o xingou de "chinês de mer..." como vários veículos de comunicação europeus garantiram, depois de leitura labial da discussão que os dois travam na partida entre PSG e Olympique.

"Ninguém disse nada de discriminatório."

O japonês confessou estar aliviado porque Neymar e Álvaro González não foram supensos pela troca de xingamentos. Ambos corriam o risco de ficarem até dez partidas sem poder atuar. 

Neymar acusava o espanhol de tê-lo chamado de 'macaco'. E programas de tevê europeus denunciavam o brasileiro por ter dito 'puta via..." para González.

"As últimas duas semanas foram difíceis, mas estou muito feliz em saber que os dois jogadores não foram punidos."

Sakai não confessou antes para não prejudicar seu companheiro González

Sakai não confessou antes para não prejudicar seu companheiro González

Reprodução/Twitter

Quanto ao problema com Neymar, Sakai minimiza.

"Apenas uma pequena discussão em um jogo que de repente mudou para 'emocional

"Agora está tudo acabado e a única coisa importante é que o Olympique venceu. Da próxima vez, farei o meu melhor."

A demora do japonês para se pronunciar tem explicação.

Ele poderia, eventualmente, prejudicar o companheiro González, inocentando Neymar.

Ótima notícia para o legado do brasileiro...

Neymar e muitos outros: relembre episódios de racismo no futebol

Últimas