Cosme Rímoli Giuliano é do Corinthians. Dinheiro virá da torcida em Itaquera

Giuliano é do Corinthians. Dinheiro virá da torcida em Itaquera

Alvinegro conseguiu vencer a concorrência de Inter e Grêmio. Giuliano, 31 anos, foi contratado. E o clube ainda negocia com Renato Augusto. Mesmo com dívida de R$ 1 bilhão. Dinheiro virá do público nos estádios

  • Cosme Rímoli | Do R7

Giuliano é do Corinthians. Dois anos e meio de contrato. Inter e Grêmio perderam a disputa

Giuliano é do Corinthians. Dois anos e meio de contrato. Inter e Grêmio perderam a disputa

Corinthians

São Paulo, Brasil

Desde ontem à noite, Sylvinho está empolgado.

O Corinthians finalmente conseguiu seu primeiro reforço para 2021. 

E de alto nível.

Venceu a concorrência do Grêmio, que apelava para a chantagem emocional de Felipão, e uma tentativa de atravessar a negociação, do Internacional. 

O presidente Duilio Monteiro Alves, encurralado por membros de sua diretoria, por conselheiros, por presidentes das organizadas, e por seu mentor, Andrés Sanchez, contratou Giuliano.

Mesmo devendo cerca de R$ 1 bilhão, ofereceu o que os dois clubes gaúcho não quiseram dar. Salário equivalente a Luan, cerca de R$ 800 mil. O grande diferencial, no entanto, foi o tempo de contrato. Em vez de um ano, como os concorrentes, o Corinthians apostou em dois anos e meio de compromisso. Com multa proporcional ao tempo restante do contrato.

O jogador de 31 anos aceitou.

Ele entendeu que será peça fundamental na construção de um time forte que o clube pretende montar, ainda em 2021.

"Estou muito feliz com o acerto e empolgado em meu novo clube. Agradeço ao Corinthians pela confiança e vamos juntos nesse novo desafio."

"Muito obrigado, Fiel torcida, por todas as mensagens de apoio que venho recebendo! #VaiCorinthians", postou Giuliano, já como jogador corintiano.

Como um clube com dívida bilionária pode prometer a montagem de uma equipe forte?

A arma de Duilio está na volta do público aos estádios. A Conmebol já liberou para jogos da Libertadores e Copa do Brasil. A direção do Corinthians está em contato com outros grandes equipes brasileiras para pressionar a CBF, buscando a mesma liberação.

Renato Augusto rescindiu com a China. Segue sem clube. Diretoria do Corinthians não desiste

Renato Augusto rescindiu com a China. Segue sem clube. Diretoria do Corinthians não desiste

Daniel Augusto/Corinthians

Com o novo acordo para pagamento do estádio, o clube passará a ficar com parte da bilheteria, ao contrário do que acontecia nos anos anteriores.

E Duilio pretende usar esse dinheiro para montar uma equipe forte.

A chegada de Giuliano, ex-Seleção Brasileira, Paraná, Internacional, Dnipro, Grêmio, Zenit, Fenerbahçe, Al Nassr e İstanbul Başakşehir é vista com empolgação.

Ele é um jogador de muita força física, vibração, ótima visão de jogo e ótimos arremates. Tem o potencial criativo que o time de Sylvinho tanto precisa.

Duilio, empolgadíssimo com o sucesso da transação, disse a conselheiros que o volante Paulinho é 'quase impossível', pela família do jogador querer sair do Brasil. Mas Renato Augusto está sendo muito mais acessível do que o dirigente esperava.

E está bastante esperançoso em também fechar com o ex-jogador do Corinthians.

"Bom dia, Fiel! Hoje é dia de anúncio! Dia de agradecer o apoio da imensa maioria de vcs e de cumprir mais uma promessa. Com responsabilidade e gestão seremos ainda mais fortes. Bem-vindo. Vai Corinthians", postou, Duilio, nas suas redes sociais.

Giuliano rescindiu contrato com o İstanbul Başakşehir. Estava livre no mercado. O Corinthians não precisou pagar nada para clube algum. Apenas acertou o salário com o jogador.

Sylvinho, que sofria com elenco fraquíssimo que tem, está eufórico.

Sente que a realidade corintiana vai mudar profundamente...

De férias do futebol, Gabriel Jesus investe em cavalos de vaquejada

Últimas