Cosme Rímoli Expulsão infantil de Rodinei. E Fla a um jogo do bicampeonato

Expulsão infantil de Rodinei. E Fla a um jogo do bicampeonato

De virada, o Flamengo vence o Internacional no Maracanã, por 2 a 1. Expulsão boba de Rodinei mudou o jogo fundamental do Brasileiro

  • Cosme Rímoli | Do R7

O pisão de Rodinei no tornozelo de Filipe Luís. A bola está longe. Expulsão justa

O pisão de Rodinei no tornozelo de Filipe Luís. A bola está longe. Expulsão justa

Reprodução/Sportv

São Paulo, Brasil

Primeiro minuto do segundo tempo.

No Maracanã, jogo decisivo igual, brigado.

No placar, 1  a 1.

Gols de Edenílson, de pênalti, e Arrascaeta.

Se o Internacional vencesse o jogo seria campeão do Brasil.

Depois de 41 anos.

Mas chega o lance crucial.

Dividida entre Filipe Luís e Rodinei.

O lateral direito, que só estava no gramado do Maracanã graças a um mecenas que pagou R$ 1 milhão de multa, para que pudesse enfrentar o time que é dono dos seus direitos, decide pisar no calcanhar do lateral esquerdo rubro-negro.

Postura inaceitável de um jogador experiente, 29 anos, e que sabe que o lance teria o VAR para denunciá-lo.

A entrada violenta, desnecessária, maldosa, foi denunciada pelo árbitro de vídeo.

Raphael Claus atende o chamado para analisar a jogada pelo VAR.

O cartão vermelho é mostrado para Rodinei.

Abel Braga iria começar a protestar.

Mas o seu jogador dá razão ao juiz.

A expulsão deu uma vantagem maravilhosa para o Flamengo.

Passou a ter 11 jogadores contra dez.

Por todo o segundo tempo.

Expulsão que mudou o destino do jogo decisivo no Maracanã. Imperdoável infantilidade

Expulsão que mudou o destino do jogo decisivo no Maracanã. Imperdoável infantilidade

Alexandre Loureiro/Reuters - 21/2/2021

E foi onde apareceu o artilheiro.

Arrascaeta recebeu de Bruno Henrique, invadiu a intermedíaria gaúcha e serviu um passe maravilhoso para Gabigol, entre a zaga do Internacional.

O chute mortal sai do pé esquerdo, cruzado.

2 a 1, Flamengo, de virada.

Na raça, na estratégia.

E, principalmente, no presente que ganhou de Rodinei.

"É triste falar. Felipe Luís disse que a entrada do Rodinei foi sem querer. O próprio Diego, capitão deles, disse que seria no máximo pra amarelo. Flamengo é um grande time, não precisava disso pra ganhar. Claus acabou com o espetáculo.

"A gente poderia ser campeão hoje, os caras (CBF) nem trouxeram o troféu pra nós.

"Acho que eles querem que o Flamengo ganhe", desafabou o capitão do Internacional, Rodrigo Dourado.

Pela primeira vez no Brasileiro, o clube carioca chega à liderança.

Faltando apenas uma rodada.

71 pontos contra 69 do Internacional.

Gabigol não desperdiçou o passe espetacular de Arrascaeta. Virada do Flamengo contra o Inter

Gabigol não desperdiçou o passe espetacular de Arrascaeta. Virada do Flamengo contra o Inter

Alexandre Loureiro/Estadão Conteúdo - 21/2/2021

Ao time de Rogério Ceni resta apenas o São Paulo, domingo, no Morumbi.

A equipe da Abel Braga tenta uma última reviravolta contra o Corinthians, em Porto Alegre.

Basta vencer o time paulista.

E conquista o bicampeonato brasileiro.

Se tropeçar, empatar ou perder, no Morumbi, cabe ao Internacional vencer.

E o título iria para Porto Alegre.

Mas tudo está nas mãos do time de Rogério Ceni...

Tumulto marcou chegada do Flamengo para jogo contra Internacional

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas