Copa do Brasil vale o maior prêmio da história do Corinthians

O clube oferece R$ 17,5 milhões para os jogadores, caso consigam superar o Cruzeiro, na próxima semana. Título é fundamental para seduzir a GM

O título mundial valeu R$ 5,5 milhões ao time. A Copa do Brasil de 2018, R$ 17,5 milhões

O título mundial valeu R$ 5,5 milhões ao time. A Copa do Brasil de 2018, R$ 17,5 milhões

Agência Corinthians

Foi a única saída para Andrés Sanchez.

Ele sabe que o potencial do Corinthians é limitado.

Graças ao desmanche que promoveu na equipe campeã brasileira.

Mas ele está ansioso, pressionado.

Brasil terá volta de Gabriel Jesus e estreia de Pablo contra a Arábia

Sabe o quanto seria importante para o clube conseguir reverter a desvantagem para o Cruzeiro e ficar com o título da Copa do Brasil.

Garantir o clube na Libertadores de 2019 seria fundamental. 

Não só pela simples disputa da mais importante competição da América do Sul.

Mas para convencer a General Motors a assumir de vez o patrocínio master do clube.

O clube mais popular de São Paulo, segundo do Brasil, não tem patrocínio master da camisa há um ano e meio. Desde que a Caixa Econômica Federal resolveu abaixar o patrocínio de R$ 30 milhões para R$ 25 milhões. Foi um erro primário, já que o país estava e continua afundado na recessão.

O sonho é seduzir a GM e fechar o patrocínio para o próximo ano, em R$ 25 milhões. A mesma quantia que a Caixa ofereceu e o clube recusou.

Para isso, Andrés fez uma conta básica.

Caldeirão! Os dez maiores públicos da história da Arena Corinthians

Decidiu, se o time ganhar o título na próxima quarta-feira, no Itaqueirão, pagar o maior prêmio da história do Corinthians. 

Mas 'sem colocar a mão no bolso', como diz.

Caso o título fique com o Corinthians, o clube receberá R$ 61,9 milhões. 

R$ 50 milhões pelo título e mais R$ 11,9 milhões das fases anteriores: oitavas, quartas e semifinal.

O dirigente corintiano decidiu pagar a premiação de R$ 17,5 milhões ao elenco pela conquista.

Ainda sobrariam R$ 44,4 milhões aos cofres.

Mas o agrado no ego dos executivos da GM.

E abrir de vez o caminho para o patrocínio master.

O título do Brasileiro do ano passado valeu R$ 11 milhões aos jogadores.

A premiação do Mundial de 2012 rendeu R$ 10,5 milhões ao clube.

R$ 5,2 milhões foi para os atletas. 

A conquista da Libertadores de 2012, R$ 6 milhões.

Aos atletas foram pagos R$ 3 milhões.

Arrependimento por virar as costas para os R$ 25 milhões da Caixa

Arrependimento por virar as costas para os R$ 25 milhões da Caixa

Divulgação/Caixa

Lógico que a notícia foi muito bem recebida.

E entusiasmou o time de Jair Ventura, que jogou mal demais ontem em Belo Horizonte.

Não há como não se motivar com tanto dinheiro.

É a maior premiação da história do Corinthians.

Para os jogadores receberem precisam ser campeões...

Desafio: será que você consegue descobrir quem são estas crianças?