Como fez com Dudu, Tite fecha as portas da Seleção a Marinho

Treinador comete outra injustiça. Repete o que fez, por anos, com Dudu. Não convoca o melhor jogador do país. Nem o testa por 'concorrência'

Marinho sempre esteve certo. Não terá chance na Seleção, com Tite como técnico

Marinho sempre esteve certo. Não terá chance na Seleção, com Tite como técnico

Ivan Storti/Santos

São Paulo, Brasil

"Há setores que ficam mais concorridos e outros que ficam menos e aí você busca.

"Marinho.

Têm externos, como Cebolinha, que foi o melhor atacante da Copa América, goleador.

"Temos Neymar que joga pelos lados, Gabriel Jesus, temos Everton Ribeiro, que é o jogador da flutuação.

"É uma questão muito mais de concorrência nos setores."

Esta foi a resposta de Tite ao ser perguntado sobre Marinho na ESPN.

O treinador da Seleção segue um estranho padrão.

O atacante santista sofre o mesmo esquecimento que Dudu, atacante do Palmeiras, reclamava.

Não adianta ser o melhor jogador brasileiro no país.

A ausência na Seleção é uma constante.

O jogador, que está emprestado ao Al Duhail não se conteve.

"Nem sempre vai (sic) os melhores", escreveu no Instagram, respondendo a um twitter do apresentador Benjamin Back, questionando a ausência de Marinho na Seleção.

Dudu e seus empresários avaliam a possibilidade de uma convocação pelo Qatar, para disputar a Copa de 2022.

Já desistiram de Seleção, enquanto Tite for o treinador.

"A seleção brasileira é incrível, mas eu não penso. No momento que eu estava voando, como vejo outro também voando, não tive oportunidade. Como eu vinha no Vitória, dificilmente vão olhar para o Nordeste para defender a seleção. Perdi esse brilho de defender a seleção do meu país.

"Se fosse para me naturalizar para defender outro país, não pensaria duas vezes", disse Marinho ao comentarista Alê Oliveira.

Marinho recebe o apoio de Dudu, que sofreu esperando convocações de Tite

Marinho recebe o apoio de Dudu, que sofreu esperando convocações de Tite

Reprodução/Instagram

Agora cabe a Cuca fazer o que os treinadores do Palmeiras cansaram de repetir, com Dudu: estimular Marinho.

E esquecer a Seleção.

De um jeito respeitoso, Tite fechou as portas para convocações.

Como o atacante do Santos já sabia...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Craque da vila! Confira 7 motivos para Marinho ser amado pelo santista