Cosme Rímoli Choque de realidade. Jacaré fora do UFC 249. Coronavírus

Choque de realidade. Jacaré fora do UFC 249. Coronavírus

Brasileiro, que enfrentaria Uriah Hall, foi diagnosticado com covid-19. Dana manteve a encarada com máscara. E depois admitiu: a luta foi cancelada

  • Cosme Rímoli | Do R7

A encarada denunciava. Havia algo errado. Hall e Dana sabiam. Jacaré infectado

A encarada denunciava. Havia algo errado. Hall e Dana sabiam. Jacaré infectado

Reprodução Twitter

São Paulo, Brasil

Foi um choque de realidade.

No primeiro grande evento esportivo, com repercussão mundial, em plena pandemia, um dos grandes personagens foi diagnosticado com o novo coronavírus.

O brasileiro Ronaldo Jacaré está com covid-19.

Ele e seus dois treinadores, que trabalhariam no corner, hoje, na Flórida.

Os três deixaram o hotel onde os lutadores estavam e irão entrar em quarentena, com o acompanhamento de médicos do UFC, nos Estados Unidos.

A luta contra Uriah Hall deixou o card do UFC 249.

O presidente do UFC, Dana White, que organizou o evento com todo o apoio do presidente Donald Trump, até para amenizar o foco de os Estados Unidos serem o epicentro do coronavírus, tentava se conformar com a revelação, no final da noite de ontem.

“Nós fizemos 1.200 testes em 300 pessoas diferentes durante a semana. Não é inesperado que alguma pessoa fosse testar positivo. O sistema funciona. E o lado positivo disso é que agora que sabemos que Jacaré testou positivo, ele está fazendo tudo o que é necessário e nós estamos em posição de ajudá-lo no que for preciso", detalhou Dana à ESPN norte-americana.

"Irmão, eu sei que é uma droga. Sinto muito você ter de passar por isso, estou mais que arrasado pela oportunidade perdida, desejo apenas a recuperação a você e sua família", escreveu, nas redes sociais, o adversário de Jacaré, o jamaicano Uriah Hall.

Ele ficou um mês morando em uma academia, isolado, com seus treinadores, se preparando para a luta.

Na confirmação do peso, Jacaré usava máscara e luvas. Triste teatro

Na confirmação do peso, Jacaré usava máscara e luvas. Triste teatro

UFC

Na verdade, o presidente do UFC e Hall não foram pegos de surpresa.

Na quarta-feira, assim que chegou à Jacksonville, cidade da Flórida onde acontecerão as lutas, Jacaré procurou Dana White.

E foi claro: um de seus familiares estava com o novo coronavírus. E ele teve contato direto com essa pessoa. 

Novos exames foram feitos e, apesar de não apresentar sintoma algum, Jacaré foi diagnosticado com a doença. Ele e seus dois treinadores foram isolados no hotel.

Dana avisou Hall e fez questão de não divulgar que Jacaré estava fora, para não prejudicar a imagem do evento. 

O presidente do UFC sofre críticas. Apesar de o estado da Flórida ter afrouxado o isolamento social, os Estados Unidos sofrem demais com o coronavírus.

Até ontem, eram 1.279.546 casos diagnosticados e 76.706 mortes.

Dana tratou de seguir com o protocolo.

Mas de maneira até arriscada para ele.

Fez com que Jacaré e Hall fizessem as tradicionais pesagam e encarada, que ocorrem antes das lutas.

Só que os dois estavam com máscara.

Jacaré, inclusive, com luvas descartáveis.

E a encarada foi distante, ambos a mais de dois metros.

Dana no meio.

Lá foi um sinal claro que havia algo errado.

Até que a informação vazou. 

E o UFC teve de divulgar um comunicado oficial.

Dana teve de encarar a pandemia. Cancelando a luta de Jacaré

Dana teve de encarar a pandemia. Cancelando a luta de Jacaré

UFC

"A luta peso-médio entre Uriah Hall e Jacaré Souza não vai mais estar no card preliminar do UFC 249, devido a um dos testes de Souza para Covid-19 ter indicado um resultado positivo."

"Além disso, testes para Covid-19 de dois corners de Souza também deram positivo. A equipe médica do UFC examinou Souza e seus dois corners e ambos estavam assintomáticos, ou sem exibir os sintomas comuns da Covid-19."

"De acordo com os protocolos de saúde e segurança do UFC, todos os três homens deixaram o hotel anfitrião e vão se isolar fora do recinto, onde a equipe médica do UFC vai monitorar suas condições remotamente e vai prover assistência e qualquer tratamento necessário."

"Desde sua chegada durante a semana até sua partida hoje, Souza e seus corners seguiram os protocolos de saúde e segurança do UFC, incluindo o distanciamento social, usar equipamento de proteção individual e auto-isolamento sempre que possível."

"Não houve outros exames positivos para Covid-19 reportados para o restante dos atletas participando do UFC 249. A resposta a este desenvolvimento é um indicativo da efetividade das medidas de segurança e saúde que o UFC instituiu para este evento."

"O card deste sábado do UFC 249 vai prosseguir conforme programado, com 11 lutas."

Infelizmente, esta é a realidade do planeta.

O coronavírus segue disseminado pelo mundo.

Atingindo até atletas de elite.

Como Ronaldo Jacaré...

Mulher de Kobe parte coração de fãs do astro com posts emocionantes

Últimas