Cosme Rímoli Aguirre ganha força no Corinthians. Nome de consenso

Aguirre ganha força no Corinthians. Nome de consenso

O uruguaio tem defensores importantes no Parque São Jorge. Diretoria promete agir rápido, depois que ouviu 'não' de Renato Gaúcho

  • Cosme Rímoli | Do R7

Diego Aguirre foi vice-campeão da Libertadores em 2011. Melhor trabalho

Diego Aguirre foi vice-campeão da Libertadores em 2011. Melhor trabalho

Peñarol

São Paulo, Brasil

A direção do Corinthians sabe.

Ganhou a liberdade para apostar no treinador que desejar, depois que tentou Renato Gaúcho. O clube buscou o melhor técnico disponível. Depois de ter sido recusado, pode buscar outro, que combine com sua terrível situação financeira. Devendo cerca de R$ 1 bilhão. 

Entre os vários nomes que analisa, nas últimas horas, o do uruguaio Diego Aguirre ganhou força.

Por estar livre, ser experiente, 55 anos, ter sido vice-campeão da Libertadores, já jogado no futebol brasileiro (Internacional, São Paulo, Portuguesa) e treinado o Internacional e o São Paulo.

Sabe muito bem das dificuldades que é assumir um clube com problemas financeiros.

Seu trabalho mais marcante foi entre 2010 e 2011, quando decidiu a Libertadores, perdendo para o Santos de Neymar.

Ele está desempregado desde outubro de 2020, quando teve problemas com a direção do Al Rayyan, do Catar.

Aguirre havia sido vice-campeão catari e escolhido melhor treinador da temporada 2019.

Seu estilo é montar equipes competitivas, reativas.

A última passagem pelo futebol brasileiro foi controversa. Ele comandou o São Paulo entre março e novembro de 2018.

Sua demissão foi o único momento assumido de arrependimento do ex-executivo de futebol, Raí.

"Futebol tem momentos difíceis. Às vezes, injustos. Às vezes, não dá para entender. Mas fico tranquilo com o trabalho que fizemos. O São Paulo estava muito mal quando chegamos e o objetivo era chegar à Copa Libertadores, o que nós conseguimos. Mas, acho que a expectativa aumentou muito e já não era mais alcançar o nosso objetivo inicial. Então eu acabei sendo demitido.

"Me mandaram embora, fiquei surpreso, obviamente, mas faz parte do futebol. As coisas ficam onde têm que ficar. A bola pune e acontecem coisas depois que fazem o trabalho ser valorizado. Mas estou muito tranquilo em relação ao trabalho que eu fiz lá", disse à ESPN/Brasil.

O presidente Duilio tentou o caríssimo Renato. Pode apostar agora em nome mais barato

O presidente Duilio tentou o caríssimo Renato. Pode apostar agora em nome mais barato

Corinthians

Como acontece muitas vezes no Corinthians e outros clubes brasileiros, nomes de vários treinadores foram divulgados pela direção a conselheiros, membros de organizadas. E eles repassaram a jornalistas. Aguirre foi que melhor repercutiu.

E é o que se tornou favorito para assumir o lugar que Renato Gaúcho não quis.

Mas Dorival Júnior, Antônio Carlos Zago e Fabio Carille tem seus defensores.

A diretoria corintiana quer apressar a contratação de novo técnico.

O time fará sua estreia no Brasileiro daqui a nove dias.

Até lá, Duilio Monteiro Alves quer ter o treinador...

Reforços baratos e jovens do Flu contrastam com estrelas do Fla

Últimas