Cosme Rímoli A contratação bombástica que o Grêmio sonhava: Douglas Costa

A contratação bombástica que o Grêmio sonhava: Douglas Costa

Ídolo de 30 anos está em Porto Alegre para acertar volta após 11 anos, dar 'outro patamar' ao Grêmio e lutar para disputar a Copa

  • Cosme Rímoli | Do R7

Douglas Costa quer dar uma reviravolta na carreira. E disputar a Copa do Mundo do Catar

Douglas Costa quer dar uma reviravolta na carreira. E disputar a Copa do Mundo do Catar

CBF

São Paulo, Brasil

Colocar o Grêmio no mesmo patamar de Flamengo, Palmeiras, Atlético Mineiro. 

E principalmente, não ficar abaixo do rival de sangue, o Internancional.

Isso só com jogadores diferenciados, capazes de fortalecer de verdade o time, mobilizar torcedores e, principalmente, a imprensa do país todo.

Daí a retomada silenciosa de um acordo que vinha sendo amarrado há um ano e sofreu grave abalo com a eliminação do time na 'pré-Libertadores', diante do Independiente del Valle.

E a demissão de Renato Gaúcho.

Mas, mesmo com o menos ambicioso Tiago Nunes, o presidente Romildo Bolzan percebeu que a badalação sobre o Internacional deixou o clube em segundo plano. A chegada do espanhol Miguel Ángel Ramírez e, principalmente, a volta de Taison mexeu com o Rio Grande do Sul.

Ele tratou de buscar dar o troco.

E o sonho de Renato Gaúcho e de grande parte da torcida gremista está prestes a ser concretizado.

O anúncio da contratação de Douglas Costa.

O gaúcho de Sapucaia do Sul foi uma das grandes revelações do clube. Saiu em 2010, vendido por 12 milhões de euros, cerca de R$ 76 milhões, para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Em 2015, o Bayern de Munique pagou 30 milhões de euros, cerca de R$ 190 milhões por ele. A Juventus foi além. Gastou 40 milhões de euros, cerca de R$ 253 milhões.

Douglas Costa foi contratado com muita expectativa pelo Bayern

Douglas Costa foi contratado com muita expectativa pelo Bayern

Bayern

Só que Douglas Costa não se tornou o jogadores que o Bayern e a Juventus esperavam. Teve uma incrível sequência de lesões.

2016/2017 (Bayern de Munique)
Lesão na coxa – 59 dias parados (3 jogos perdidos)
Lesão na coxa – 28 dias parados (5 jogos perdidos)
Lesão no joelho – 21 dias parados (3 jogos perdidos)

2017/2018 (Juventus)
Lesão na panturrilha – 4 dias parados (1 jogo perdido)
Lesão na coxa – 10 dias parados (Nenhum jogo perdido)

2018/2019 (Juventus)
Lesão no tornozelo – 26 dias parados (5 jogos perdidos)
Lesão na coxa – 62 dias parados (11 jogos perdidos)
Lesão na panturrilha – 109 dias parados (8 jogos perdidos)

2019/2020 (Juventus)
Lesão na coxa – 43 dias parados (9 jogos perdidos)
Lesão na coxa – 19 dias parados (4 jogos perdidos)
Lesão na coxa – 20 dias parados (4 jogos perdidos)

2021/2021 (Juventus/Bayern de Munique)
Lesão na coxa – 33 dias parados (4 jogos perdidos)
Lesão no pé – 75 dias parados (15 jogos perdidos)

Elas o travaram nos clubes e na Seleção Brasileira.

Vale a pena recordar o depoimento que deu ao Players Tribune.

“Tem momentos que você quer… “Pô, será que eu realmente devo jogar esse esporte? Porque eu jogo, machuco, jogo, machuco”. E depois tu acaba olhando na TV, acaba vendo aquela paixão e fala “Caraca, eu faço aquilo ali também fácil”. É isso que me mantém vivo, mantém tipo: “Eu vou, porque eu tenho capacidade pra fazer essa coisa."

“Brincando com o Alex Sandro, que joga comigo, eu falei: ‘Cara, tenho mais ressonância que presença em campo’. Fazer ressonância de novo, aquele som da ressonância… É um bagulho que é meio louco. Aí você fala: ‘Pô, Douglas tem um potencial para ser um dos melhores do mundo, mas as lesões atrapalham’”.

“E quando as lesões apareciam, eu ficava me perguntando: “O que eu estou fazendo de errado? Por que eu não estou rendendo, não consigo ter sequências?”. Isso acabava me machucando, procurei vários tipos de ajuda.

"Não sei se já ouviu falar, um coach mental, é tipo não um psicólogo, mas uma pessoa que acaba trazendo coisas da tua infância que afetam no teu eu hoje. Eu comecei com isso."

O depoimento foi dado em maio de 2020.

O jogador está completamente recuperado.

Mas perdeu espaço no futebol europeu.

Douglas Costa também acabou frustrando as expectativas na Juventus

Douglas Costa também acabou frustrando as expectativas na Juventus

Juventus

Douglas Costa tem ainda um ano de contrato com a Juventus. Mas o clube italiano aceita negociá-lo com o Grêmio. Desde que tenha a prioridade em algumas revelações do clube gaúcho. Pedro Lucas, Vanderson e o Guilherme Azevedo são os nomes que foram recomendados aos italianos.

Douglas Costa está recuperado fisicamente.

E tem tudo apalavrado com a direção gremista.

Hoje acontecerá uma reunião para fechar de vez a negociação, na mansão do jogador em Porto Alegre. Seu empresário Jorge Machado terá encontro com vice de futebol, Marcos Herrmann, do CEO, Carlos Amodeo, garante o jornalista Eduardo Gabardo.

Douglas Costa tem apenas 30 anos.

Está com a vida financeira resolvida, há muito tempo.

Douglas Costa ensaiava retornar ao Grêmio há anos

Douglas Costa ensaiava retornar ao Grêmio há anos

Grêmio

Mas quer dar uma reviravolta na carreira.

Se livrar de vez das contusões.

Volta a se sentir fundamental em um clube.

Voltar à Seleção Brasileira para disputar a Copa de 2022.

E viu no Grêmio este caminho.

O acordo está praticamente selado...

Privilégios de Cristiano Ronaldo incomodam vestiário da Juventus

Últimas