A comovente despedida da Itália de Paolo Rossi

O país parou para o adeus ao homem que mudou o caminho da Copa de 1982. O caminho do enterro do jogador, que morreu há três dias, foi tocante

  • Cosme Rímoli | Do R7

Tardelli à direita. Cabrini à esquerda. A última homenagem a  Paolo Rossi

Tardelli à direita. Cabrini à esquerda. A última homenagem a Paolo Rossi

Reprodução/RAI

São Paulo, Brasil

Comovente demais.

A Itália reverencia e se despede de Paolo Rossi.

O ídolo italiano será cremado amanhã.

Marco Tardelli e Antonio Cabrini, seus grandes amigos e companheiros da inesquecível seleção de 1982, fizeram questão de carrergar seu caixão.

Levaram para o velório.

A transmissão da despedida de Rossi, que morreu há três dias, vítima de câncer nos pulmões, está sendo mostrada para toda Itália.

O mundo divulga as tocantes imagens do adeus.

A dor, a tristeza e o orgulho de Tardelli e de Cabrini, de Paolo Rossi, ficam evidentes na chocante imagem.

Rossi, Tardelli e Bettega comemoram a conquista da Copa de 1982

Rossi, Tardelli e Bettega comemoram a conquista da Copa de 1982

Reprodução/Twitter

O homem que mudou a Copa do Mundo de 82, tirou o Brasil do caminho da conquista, e colocou a Squadra Azzurra, merece todas as homenagens.

"O Paolo pertenceu ao povo, a todos, e é justo que seja lembrado pela sua grandeza mas também nesta fase de sofrimento", resumiu Federica Cappelletti, sua mulher.

"Não perdi apenas um companheiro, mas também um amigo e um irmão. Juntos lutamos, vencemos e às vezes perdemos, sempre nos levantando mesmo diante das decepções.

"Éramos parte de um grupo, aquele grupo, nosso grupo. Não pensei que você fosse embora tão cedo, mas ainda assim caminharíamos muito juntos", disse, abalado, Tardelli.

A Itália está muito abalada com a perda de Rossi...

Quem vence o 1º turno leva também o Brasileirão? Nem sempre é assim

Últimas