Esportes Primeiro reforço, Rafinha diz que é são-paulino: 'Sempre desejei jogar no clube'

Primeiro reforço, Rafinha diz que é são-paulino: 'Sempre desejei jogar no clube'

Rafinha foi anunciado na segunda-feira como o primeiro reforço do São Paulo para a temporada de 2022. O lateral-direito rebaixado com o Grêmio seguiu os passos de Daniel Alves e, nesta terça, revelou que é torcedor do clube desde a infância e sempre teve vontade de defender suas cores.

O jogador de 36 anos aproveitou a época de Natal para revelar qual era seu presente nas festas em família quando criança: a camisa do time do Morumbi. Ele voltará a ganhar o mimo nos próximos dias, agora da diretoria, e promete honrá-lo com todo sacrifício e dedicação.

"Todo mundo sabe que sou são-paulino, e sempre tive o desejo de jogar no clube. Sou de Londrina, mas tenho familiares em Suzano. E eles sempre me presenteavam com a camisa do São Paulo no Natal", afirmou o reforço em primeiro contato nas redes sociais do novo lar.

Para provar que não é apenas conversa de recém-contratado, Rafinha apareceu com o uniforme tricolor em foto divulgada pelo São Paulo. O reforço espera fazer um caminho inverso ao de Daniel Alves, que não conseguiu se firmar na direita mesmo também sendo torcedor da equipe.

Além de Rafinha, o São Paulo pode ter outro ex-gremista no elenco em 2022. A diretoria negocia uma troca por empréstimo com o clube gaúcho envolvendo o também lateral-direito Orejuela e o meia Alisson, fora dos planos em Porto Alegre. Os negócios não param por aí.

Depois de não obter êxito na tentativa de troca entre o atacante Pablo e o zagueiro Vitor Cuesta, do Internacional, o São Paulo agora tenta trazer outro jogador do colorado gaúcho: o meia Patrick, em negociação também envolvendo o centroavante.

Últimas