Presidente do Avaí cobra Atlético-MG pela venda de Guga

O presidente do Avaí, Francisco Battistotti, cobrou o Atlético-MG pela negociação do lateral-direito Guga, efetuada no final de 2018. Na oportunidade, o jogador havia se destacado na Série B do Campeonato Brasileiro e assinou contrato até 2023 com o clube mineiro.

"Tem time que está me devendo e está contratando. Não me paga. É o Atlético-MG. Eu estou ameaçando fazer uma denúncia nele, pois está me devendo o valor que é de 30% da última parcela, que não pagou, e eu estou ameaçando denunciar na CBF e eu vou fazer isso", disse o mandatário do Avaí à Rádio CBN, de Florianópolis.

Ainda durante a entrevista, Battistotti, que também é presidente da Associação de Clubes de Santa Catarina, garantiu que o Campeonato Catarinense irá voltar em 8 de julho e será encerrado em 29 do mesmo mês.

"Estamos fazendo o possível e o impossível para que a coisa aconteça. O retorno que a gente tem recebido dos clubes do interior é que conversaram com os prefeitos e os prefeitos têm alinhavado, a não ser que a coisa mude muito. Mas lá no interior vai ter jogos", afirmou.

"Oito clubes já nos deram retorno que a probabilidade de ter os jogos é muito grande. Alguns já começaram a treinar e outros vão começar nos próximos dias", finalizou.

O Campeonato Catarinense está paralisado desde meados de março por conta da pandemia do novo coronavírus. Em abril, os clubes deram férias aos jogadores e depois voltaram a treinar de forma individual e online. Nas últimas semana, a maioria dos clubes realizou testes de covid-19 e voltou a treinar normalmente.