Prefeito de Liverpool quer investigação sobre jogo contra Atlético de Madri em meio a pandemia

SAUDE-CORONAVIRUS-FUTEBOL-ATLETICODEMADRI-INVESTIGACAO:Prefeito de Liverpool quer investigação sobre jogo contra Atlético de Madri em meio a pandemia

(Reuters) - O prefeito da região metropolitana de Liverpool pediu uma investigação da partida da Liga dos Campeões entre Liverpool e Atlético de Madri para determinar se isso contribuiu para a disseminação do novo coronavírus na cidade.

O confronto das oitavas de final no estádio de Anfield, no dia 11 de março, em que o Liverpool perdeu por 3 x 2 e foi eliminado, contou com a presença de 52.000 torcedores, incluindo cerca de 3.000 da Espanha, que entrou em isolamento completo alguns dias depois.

"Vimos um aumento na curva de infecção e isso resultou em 1.200 pessoas contraindo Covid-19", disse o prefeito Steve Rotheram à BBC, referindo-se às pessoas em Liverpool infectadas com a doença causada pelo coronavírus.

"Isso precisa ser investigado para descobrir se algumas dessas infecções ocorreram diretamente por causa dos torcedores do Atlético. Havia cidades mais afetadas pelo coronavírus, e Madri era uma delas."

"Eles não estavam autorizados a se reunir em seu próprio país, mas 3.000 desses torcedores vieram para o nosso, e potencialmente podem ter espalhado o coronavírus.”

"Portanto, é preciso avaliar, e é necessário que o governo assuma alguma responsabilidade por não ter se fechado mais cedo", acrescentou.

A vice-chefe da consultoria científica do governo britânico, Angela McLean, disse na segunda-feira que a sugestão, feita por um repórter, de que permitir a realização do jogo contribuiu para a disseminação do vírus "era uma hipótese interessante".

"Se pessoas contraíram o coronavírus como resultado direto de um evento esportivo que acreditamos não deveria ter acontecido, isso é escandaloso", afirmou Rotheram.

(Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru)