Esportes Por vaga na Sul-Americana, América-MG visita Independiente del Valle

Por vaga na Sul-Americana, América-MG visita Independiente del Valle

Sem chances de classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, o América-MG visita o Independiente del Valle-EQU nesta quarta-feira em busca de uma vaga na Sul-Americana. O jogo válido pela última rodada do Grupo D acontece a partir das 21 horas (de Brasília), no Estádio Banco de Guayaquil, no Equador.

Os terceiros colocados de cada grupo da Libertadores entram direto nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. E o adversário do América-MG é justamente o Independiente del Valle, que ainda tem chances de classificação no Grupo D.

Sem vencer na fase de grupos, o América-MG é o lanterna com dois pontos e precisa ganhar de pelo menos dois gols de vantagem para "roubar" a terceira colocação do Independiente del Valle, que tem cinco pontos. Na vice-liderança, com oito, o Tolima-COL visita o líder e já classificado Atlético-MG.

Em busca da classificação para a Sul-Americana, o América-MG precisa mais uma vez passar por cima dos inúmeros desfalques. São oito ao todo. O zagueiro Conti, o volante Juninho, os meias Matheusinho e Índo Ramírez, e os atacantes Wellington Paulista, Everaldo, Pedrinho e Paulinho Boia estão entregues ao departamento médico.

Diante de tantos desfalques, a boa notícia para o técnico Vagner Mancini é o retorno do zagueiro Iago Maidana, que não atuou no empate com o Botafogo, por 1 a 1, no último final de semana, pelo Brasileirão, porque estava suspenso.

Existe a possibilidade do treinador preservar alguns jogadores para o jogo do próximo domingo, contra o Corinthians, pelo Brasileirão. Tanto que o clube só vai divulgar os relacionados para o jogo horas antes da bola rolar.

Precisando fazer o dever de casa e torcer por uma vitória do Atlético-MG para se classificar às oitavas de final, o Independiente del Valle poupou alguns titulares na derrota para o Mushuc Runa, por 1 a 0, no último domingo, pelo Campeonato Equatoriano.

O técnico português Renato Paiva, que não pode ficar no banco de reservas por não ter licença da Conmebol, segue sem poder contar com os meias Lorenzo Faravelli e Nicolás Previtalli, ambos lesionados. Diante de "veto" a Paiva, Miguel Bravo, treinador da base, é quem comanda o time.

Últimas