Esportes Pochettino descarta volta de Marquinhos e vê favoritismo do Bayern contra o PSG

Pochettino descarta volta de Marquinhos e vê favoritismo do Bayern contra o PSG

O argentino Maurício Pochettino devia estar esbanjando otimismo com a vantagem de ter vencido o Bayern de Munique no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, na Alemanha, por 3 a 2, na semana passada. Mas, o comandante do Paris Saint-Germain sabe da força do rival, não quer mexer com os brios do oponente e usa um discurso cauteloso para o confronto de volta, nesta terça-feira, jogando o favoritismo para os atuais campeões.

Descartando o zagueiro brasileiro Marquinhos desde o início, o técnico não esconde que seria lindo desbancar "o melhor time do mundo" e ir às semifinais. "Se passarmos, será algo muito importante para o clube. Nossa aspiração é sempre de ganhar títulos e queremos ir às semifinais", afirmou o argentino. "Mas o favorito, na teoria, é sempre do campeão. O Bayern é a melhor equipe do mundo, acabaram de ganhar seis títulos e temos de respeitá-los. Somos aspirantes à vaga".

O excesso de cautela nas palavras, contudo, deve ser diferente dentro do campo. Pochettino sabe que será um grande embate e que o Paris Saint-Germain também terá de se impor, ainda mais atuando em solo francês.

"Vamos mostrar respeito por eles, mas temos confiança nas nossas forças e temos de tentar vencê-los e buscar a qualificação", afirmou. "O Bayern é uma equipe que joga futebol e não creio que vá mudar o seu estilo. Também vamos investir em nossas ideias. Nesse momento temos de mostrar força, solidariedade e solidez".

Substituído em Munique logo após anotar o segundo gol do Paris Saint-Germain, Marquinhos não se recuperou plenamente das dores na perna e está descartado de iniciar a decisão. Pochettino espera que, ao menos, fique na reserva. Está reticente. "Quanto ao Marquinhos, ainda não sei. Vamos tomar uma decisão na terça-feira. Ele pode fazer parte do elenco, mas não para começar, e amanhã decidiremos", lamentou.

O técnico aproveitou para falar de outros atletas em recuperação. "Verratti deve ter mais dificuldade para começar do que Florenzi e amanhã (terça-feira) vamos ver como ele está. Moise Kean estará no elenco, mas ainda não decidimos a equipe que vai começar. Icardi está fora", completou.

Últimas