Esportes Pietro Fittipaldi anuncia retorno à Fórmula Indy e disputará provas ovais

Pietro Fittipaldi anuncia retorno à Fórmula Indy e disputará provas ovais

Pietro Fittipaldi vai dividir sua temporada na equipe Haas, na Fórmula 1, com a disputa das provas ovais da Fórmula Indy. Nesta quinta-feira, o piloto brasileiro confirmou seu retorno à categoria na qual também brilhou o seu avô nas décadas de 80 e 90. Curiosamente, Pietro será companheiro mais uma vez do francês Romain Grosjean.

Pietro vai competir na Indy pela equipe Dale Coyne Racing. Mas só estará na pista nas provas ovais, que serão quatro ao todo, incluindo a tradicional 500 Milhas de Indianápolis, nos Estados Unidos.

"Estou especialmente animado para as 500 milhas de Indianápolis. É um sonho meu desde criança correr na Indy 500. Todos os carros de Dale foram competitivos lá no ano passado e nos últimos anos, e estamos procurando fazer o mesmo este ano", celebra o neto de Emerson, duas vezes campeão da tradicional prova do automobilismo mundial.

Será o retorno de Pietro à competição, que disputou também em 2018. Naquele ano, foram seis provas disputadas. Só não competiu em mais etapas, incluindo a própria 500 Milhas, porque sofreu grave acidente no Mundial de Endurance e não conseguiu finalizar a temporada na Indy. Antes disso, sua melhor posição na categoria foi o nono lugar na etapa disputada em Portland International Raceway.

"Gostamos de trabalhar com Pietro em 2018, é uma pena que a temporada dele foi mais curta do que o planejado. Então é ótimo poder dar a ele outra chance de fazer algumas corridas e que ele tem outra chance de participar da Indy 500 e realizar um de seus sonhos de infância. Estamos ansiosos para vê-lo compartilhar nossa inscrição #51 ao lado de seu ex-companheiro de equipe na Haas F1 Romain Grosjean", afirmou Dale Coyne, proprietário da equipe.

Por coincidência, Pietro voltará a trabalhar com Grosjean. Eles foram parceiros na Fórmula 1 até o fim do ano passado, na equipe Haas. O francês era titular, enquanto o brasileiro era reserva. E foi o próprio Grosjean que acabou favorecendo a estreia de Pietro no grid da categoria.

Após sofrer grave acidente na parte final da temporada, o francês precisou ficar afastado nas duas últimas provas e Pietro foi alçado provisoriamente à posição de titular. "Também estou muito feliz por dividir o carro com Romain. Ele é um grande amigo. Ao longo dos anos na Haas F-1, nos tornamos amigos e é ótimo sermos companheiros de equipe com ele novamente", disse o brasileiro.

Grosjean deixou a F-1 no fim da temporada passada. Mas o brasileiro segue como piloto reserva e de testes. Será seu terceiro ano neste função.

Últimas