Esportes Petrúcio Ferreira volta a bater recorde mundial nos 100m rasos com tempo de 10s29

Petrúcio Ferreira volta a bater recorde mundial nos 100m rasos com tempo de 10s29

Petrúcio Ferreira bateu mais uma vez o recorde mundial dos 100 metros rasos para atletas paralímpicos da classe T47 nesta quinta-feira. O brasileiro de 25 anos já era detentor do recorde com o tempo de 10s42 e superou a própria marca ao fazer 10s29 durante o Desafio de atletismo CPB/CBAt em São Paulo, no Centro de Treinamento Paralímpico.

"Melhorar o tempo é sempre minha meta. Desde os Jogos de Tóquio 2020, nos quais conquistei a medalha de ouro e bati o recorde paralímpico da prova, eu não parei de treinar. Fiz todo o trabalho multidisciplinar para me manter em alto nível. Estou muito feliz com o resultado", disse Petrúcio ao Comitê Paralímpico Brasileiro.

O recorde anterior da classe T47 (atletas com deficiência nos membros superiores) havia sido estabelecido por Petrucio em 2019, durante o Mundial de Dubai. A marca superada nesta quinta também reafirma Petrúcio Ferreira como o atleta paralímpico mais rápido do mundo, posto que também já era ocupado pelo paraibano. A marca faz referência ao melhor tempo dos 100m sem distinção por classificação esportiva.

Petrúcio Ferreira conseguiu o novo feito durante a participação no Desafio de atletismo CPB/CBAt, um evento que tem como objetivo difundir a prática do atletismo entre atletas olímpicos e paralímpicos. O evento ocorrerá em sete etapas ao longo do ano, a primeira delas começou nesta quinta-feira e seguirá até o sábado.

"Os atletas sem deficiência puxam a gente. Eu fico motivado para superá-los. No meu dicionário não existem as palavras impossível e difícil. Só existe a frase: Eu posso, eu quero e eu consigo. Depois deste tempo de 10s29, quem sabe eu consiga chegar à marca de 10s10? Não é uma promessa, mas tenho este desejo", finalizou o velocista.

Petrúcio Ferreira é bicampeão paralímpico dos 100 metros rasos, com o ouro nas provas das Olimpíadas do Rio 2016 e de Tóquio em 2021. O atleta de 25 anos também é recordista mundial nos 200 metros da classe T47, com tempo de 21s21.

Últimas